PF investiga fraude na compra de materiais contra a Covid-19 no Sul de SC

Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (5), a Operação Fuscus, para apurar excesso no volume de aquisições e sobrepreço

Irregularidades na compra de materiais destinados ao enfrentamento da pandemia da Covid-19. Esse foi o alvo da Operação Fuscus, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (5), no Sul de Santa Catarina.

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Sombrio e Turvo – Foto: Polícia Federal/DivulgaçãoMandados de busca e apreensão foram cumpridos em Sombrio e Turvo – Foto: Polícia Federal/Divulgação

A investigação iniciou em setembro após uma denúncia que apontava excesso no volume de aquisições e sobrepreço em produtos adquiridos pela Secretaria de Saúde de um município da região. 

Foram cumpridos, nesta manhã, 12 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos, empresas, casas de servidores públicos e empresários de Sombrio e Turvo.

Polícia Federal apreendeu cerca de R$ 50 mil em Sombrio – Foto: Polícia Federal/DivulgaçãoPolícia Federal apreendeu cerca de R$ 50 mil em Sombrio – Foto: Polícia Federal/Divulgação

Segundo a Polícia Federal, a investigação tem o objetivo de identificar o destino dos recursos que teriam sido utilizados indevidamente, que somam, aproximadamente, R$ 1,7 milhão. Em apenas um endereço em Sombrio foram apreendidos R$ 50 mil e documentos.

Os investigados podem ser indiciados por organização criminosa, peculato, fraude ao caráter competitivo de licitações.

+

Polícia

Loading...