Polícia apura vídeo de criminoso que tentou roubar prédio em área nobre de São José; veja

Vigilante impediu entrada de assaltante que teria ocorrido na noite deste domingo em São José; câmeras de vigilância flagraram momento

A 3ª DP (Delegacia de Polícia) de São José investiga uma tentativa de assalto que teria ocorrido na noite deste domingo (18) em um prédio residencial nas imediações do bairro Campinas e do Bosque das Mansões, em São José, na Grande Florianópolis.

O segurança do prédio impediu a entrada do suspeito após ele arrombar a porta. O repórter Sérgio Guimarães teve acesso às imagens da câmera de vigilância do condomínio.

Veja o vídeo

Vigilante impediu assalto em edifício – Vídeo: Repórter Sérgio Guimarães/Divulgação/ND

A investigação também teve acesso ao vídeo na manhã desta segunda-feira (18). As imagens mostram um homem encapuzado tentando abrir a porta do condomínio. Ele tenta acionar o interfone mas recua. Depois começa a fazer força até que consegue arrombar a porta. 

No entanto ele é surpreendido pelo vigilante do condomínio, que empurra a porta do prédio e levanta o cassetete em ameaça. O suspeito então tira um objeto do bolso – não é possível precisar o que é. O profissional mantém a porta fechada e o assaltante desiste.

Suspeita

Segundo o comandante Andre Serafin, do 7º BPM (Batalhão de Polícia Militar), um morador de São José acionou os policiais 23h40 deste domingo (17) para uma tentativa de furto no Bosque das Mansões, bairro Roçado. As características relatadas se assemelham ao crime do vídeo.

“Ele informou que um masculino de capuz tentou forçar a entrada no prédio. Mas depois ligou dizendo que não precisava mais se vir porque a situação tinha sido resolvida”, afirma Serafin. Ainda não é possível precisar se é o mesmo caso. “Vamos verificar a procedência. Pelas imagens parece mais um andarilho incomodando morador”.

Prédio teria sido assaltado em são josé por homem encapuzadoAssalto em prédio teria ocorrido na noite deste domingo – Foto: Reprodução/ND

Conforme o delegado Bruno Marinho, da 3ª DP, a delegacia trabalha para localizar o prédio e abrirá inquérito para identificar o suspeito. “Pelo que parece não houve consumação do crime, apenas tentativa. Nosso trabalho agora está focado em colher informações”, explica.

Rondas

As imagens surpreenderam Serafin pois a região tem poucos casos de furto. “Estamos em operação há mais de 15 dias fazendo rondas para reduzir pequenos furtos. Reduzimos bastante o número de casos, mas  não conseguimos dar conta de tudo”, explica.

A operação dura três semanas e conta com o triplo de efetivo atua nas rondas de madrugada. Ela realizada conjuntamente  com outros municípios da Grande Florianópolis: os batalhões de Biguaçu, Palhoça e Santo Amaro da Imperatriz, dentro outros municípios, também atuam.

Conforme Serafin, até esta segunda-feira (18) não foram registrados homicídios nestes dois bairros desde o início de 2021.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...