Polícia começa a ouvir testemunhas de assassinato no Alto Vale do Itajaí

A investigação tenta identificar quem matou Joacir Barbosa, de 49 anos, na cidade de Agrolândia, no início da semana

A Polícia Civil começou a ouvir as testemunhas do assassinato de Joacir Barbosa, de 49 anos. Ele foi morto com um tiro no peito na segunda-feira (11) à noite no bairro São João, em Agrolândia, no Alto Vale do Itajaí.

Joacir Barbosa morreu com um tiro no peito – Foto: Reprodução/Redes Sociais/NDJoacir Barbosa morreu com um tiro no peito – Foto: Reprodução/Redes Sociais/ND

Segundo o delegado Daniel Zucon, houve uma troca de tiros em um imóvel na rua São João envolvendo a vítima e outros dois homens, que supostamente estavam no local para fazer uma cobrança ao sobrinho de Joacir.

A dupla que fazia a cobrança também foi baleada e tentou fugir. Um deles foi localizado pela Polícia Militar em uma área de mata e precisou ser levado ao hospital em virtude dos ferimentos.

O outro também foi detido em uma unidade de saúde, onde procurou ajuda em virtude dos tiros que levou.

Os dois já foram ouvidos pela Polícia Civil. Eles têm 22 e 28 anos, são irmãos e têm outras passagens criminais. No carro que usavam, uma arma foi encontrada.

Ainda não está claro para o delegado Daniel Zucon quem atirou em Joacir e quem fez os disparos contra os dois supostos cobradores. A polícia também tenta esclarecer qual era a dívida do sobrinho da vítima.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...