Polícia fará rondas na praia da Joaquina para coibir festas clandestinas

Finais de semana em um dos principais pontos turísticos da Capital tem sido marcados por aglomerações, som alto, bebida e festas clandestinas

As frequentes aglomerações e festas clandestinas aos fins de semana na praia da Joaquina, em Florianópolis, foram tema de uma audiência na sede do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar) na tarde desta quinta-feira (8).

Moradores recolheram o lixo deixado no local pelas festas da madrugada no último domingo – Foto: Divulgação/NDMoradores recolheram o lixo deixado no local pelas festas da madrugada no último domingo – Foto: Divulgação/ND

Os moradores cobram policiamento na região para evitar o problema, uma vez que a situação traz danos ao patrimônio, além de deixar lixo espalhado pela praia.

Segundo a PM, o problema relatado é reflexo de uma mudança de comportamento durante a pandemia da Covid-19.

“Estamos vivendo um novo normal. Com essas soluções apresentadas, vacinação avançando, é natural que se crie um novo normal. O que acontece é que após o fechamento dos estabelecimentos as pessoas ainda acham que tem energia para continuar alguma atividade e ao invés de se resguardarem e irem para suas casas, acabam saindo em certos locais mais afastados e fazendo festas particulares com aglomerações clandestinas”, explica o comandante do 4º BPM, tenente-coronel Dhiogo Cidral.

Segundo a PM, são grupos de jovens que migram pela Ilha de Santa Catarina. A apuração preliminar indica a ocorrência de delitos como danos ao meio ambiente, tráfico de drogas e aglomeração.

A polícia elaborou uma estratégia para coibir o problema. Serão realizadas rondas e abordagens intensificadas na região.

“Nossa estratégia maior agora será realmente atuar no foco nesses espaços, garantindo principalmente que essas pessoas evitem de circular alcoolizadas, ou usando entorpecentes. Além disso, fazendo verificação cabível naqueles espaços que elas estiverem colocadas”, pontua Cidral.

Entenda o caso

Moradores alegam que festas clandestinas vêm acontecendo na praia da Joaquina há pelos menos três meses. Imagens de câmeras de segurança registraram as aglomerações na beira da praia.

Aglomeração de pessoas também foi flagrada no local por moradores – Foto: Divulgação/NDAglomeração de pessoas também foi flagrada no local por moradores – Foto: Divulgação/ND

“Caixa de som, bebida alcoólica e também relato de pessoas que chegaram na praia cedo e tiveram veículos com tentativa de roubo”, explicou o deputado João Amin (PP) à NDTV.

* Com informações da NDTV

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...