Polícia Federal prende Eike Batista em nova fase da Lava Jato

Detido no Rio, empresário foi alvo de mandado de prisão como parte da Operação Segredo de Midas, desdobramento da Lava Jato

Agentes da Polícia Federal cumprem nesta quinta-feira (8) mandado de prisão do empresário Eike Batista. A ação é parte da Operação Segredo de Midas, deflagrada nesta manhã, como desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro. O pedido de prisão foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal.

Empresário Eike Batista foi alvo de mandado de prisão na manhã desta quinta-feira – Arquivo/Fernando Frazão/Agência Brasil/ND

Condenado a 30 anos por corrupção ativa e lavagem de dinheiro, o empresário foi preso em janeiro de 2017. Três meses depois, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que Eike cumprisse a pena em casa.

Na operação de hoje, a Polícia Federal também cumpre mandado de prisão contra outra pessoa ligada a Eike, além de quatro mandados de busca e apreensão. Segundo a PF, o objetivo é buscar provas sobre manipulação de capitais e lavagem de dinheiro.

Leia também:

+

Polícia