Polícia investiga atentado contra dois ambientalistas em SC

Tiros foram disparados contra casa onde moram os ambientalistas em Guaramirim

Dois ambientalistas sofreram um atentado na última terça-feira (28/6) em Guaramirim, Norte de Santa Catarina (SC). Tiros foram disparados e atingiram a porta da garagem e também um vidro da porta de entrada da casa onde moram os ambientalistas, na RPPN Santuário Rã-bugio. Foi por volta das 19h30 rua Guilherme Tomelin, bairro Caixa d’ Água.

atentado contra ambientalistas Marcas dos disparos contra casa dos ambientalistas – Foto: Montagem a partir de fotos/Divulgação ND

Um motociclista, de posse de uma espingarda cano curto calibre 12, parou na estrada e deu três tiros em direção à casa. O primeiro tiro acertou a placa da RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) e outros dois atingiram a casa, que fica a cerca de 25 metros de distância da estrada.

um dos tiros disparados contra a casa dos ambientalistas acertou a placa Um dos tiros disparados contra a casa dos ambientalistas acertou a placa – Foto: Divulgação ND
atentado contra ambientalistasNo tiro contra a placa, parte dos balotes atingiram o banheiro que é usado pelos estudantes atendidos nas trilhas da RPPN Santuário Ra-bugio. – Foto: Divulgação ND

Segundo detalhes do relato à Polícia Militar, um tiro fez um buraco de 3 cm na parede e outro atravessou a porta veneziana da garagem, ricocheteou na parede interna, estilhaçando a vidraça da porta interna, atingindo o local da mesa onde um dos ambientalistas costuma ficar horas trabalhando no computador.

tiros contra ambientalistasBuraco feito pelo tiro. –  Foto: Divulgação ND

“Por sorte, minha esposa (que também é ambientalista) estava no piso superior da casa e nada sofreu, mas ficou em pânico e está muito traumatizada até agora. Quando escuta barulho de moto se aproximando, corre em busca de abrigo e o som estrondoso dos tiros não lhe sai da cabeça”, conta o ambientalista, que no dia não estava em casa, tinha viajado para Itaiópolis.

O casal está bastante assustado com  o atentado. Os dois trabalham como voluntários e criaram diversas RPPNs em Itaiópolis e Guaramirim lutando pela conservação da biodiversidade.

“Consideramos tentativa de assassinato. Disparou dois tiros letais contra nossa casa, com dois tipos de munição. Um balote que acertou a parede ao lado da casa e outra munição de 7 balotes que atravessaram a porta tipo veneziana e entraram na casa, atingindo a sala de estar. Eram exatamente 19h28 quando os tiros foram disparados”, reforça o ambientalista, cujo nome está sendo preservado para sua segurança.

Após os disparos, o motociclista fugiu do local. A Polícia Militar fez rondas nas redondezas mas não localizou o autor. Na casa alvo do atentado  a polícia encontrou dois estojos de munição de espingarda e fragmentos de projéteis.

O crime será investigado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...