Polícia prende suspeito de assalto a carro-forte em Três Barras

Durante o crime, que ocorreu em junho de 2020, um segurança chegou a ser baleado

Um dos suspeitos de envolvimento na tentativa de assalto a um carro-forte em Três Barras, no Planalto Norte catarinense foi preso nesta quinta-feira (28). O crime, que ocorreu em junho de 2020, acabou deixando um segurança ferido após uma troca de tiros.

Suspeito foi preso no Paraná nesta quinta-feira (28) – Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoSuspeito foi preso no Paraná nesta quinta-feira (28) – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Ele foi localizado na cidade de Balsa Nova, no Paraná. Segundo a DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Canoinhas, ele estava em uma oficina às margens da BR-277.

Além disso, os policiais também cumpriram outros mandados de busca e apreensão na borracharia e na casa do homem. Após a prisão, ele foi levado a Unidade Prisional Avançada de Canoinhas.

A ação contou, ainda, com apoio da Polícia Civil do Paraná. Outros dois suspeitos do crime já foram presos.

Houve troca de tiros entre os suspeitos e os seguranças do carro forte – Foto: Redes SociaisHouve troca de tiros entre os suspeitos e os seguranças do carro forte – Foto: Redes Sociais

Relembre o caso

O crime ocorreu no dia 3 de junho no bairro João Paulo II. Segundo a Polícia Militar, o carro forte estava estacionado em frente a uma agência bancária, na avenida Rigesa, quando aconteceu a tentativa de assalto.

Segundo testemunhas, que passavam pela rua no momento, houve troca de tiros entre os suspeitos e os seguranças que faziam o transporte de valores. Um dos seguranças foi atingido por um tiro na perna e socorrido pelos bombeiros da cidade.

Ainda de acordo com a PM, nenhum valor foi levado pelos suspeitos, que fugiram em um carro prata, que foi encontrado abandonado em uma estrada rural.

A investigação sobre o caso já dura oito meses a fim de identificar outros criminosos envolvidos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...