Policial de SC morre aos 33 anos vítima de infarto fulminante

Guilherme Furlan morreu em casa na companhia da esposa grávida de sete meses

Morreu na manhã desta quarta-feira (25), o policial Guilherme Luis Furlan, de 33 anos, da Polícia Civil de Santa Catarina. Ele estava em casa na companhia da esposa, grávida de sete meses, quando teve um infarto fulminante.

Policial de SC morre aos 33 anos vítima de infarto fulminante – Foto: Reprodução/NDPolicial de SC morre aos 33 anos vítima de infarto fulminante – Foto: Reprodução/ND

Furlan ingressou na Polícia Civil em 2016 e estava lotado na DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Blumenau. A instituição lamentou a morte em comunicado oficial.  “Nossos sentimentos aos familiares, amigos e colegas e o agradecimento pela dedicação e o serviço prestado à instituição”, diz. 

Amigos e colegas se despediram do policial em uma breve homenagem realizada às 15h no pátio de uma funerária no bairro Victor Konder, em Blumenau.

Mais tarde, o corpo de Furlan seguiu em um carro funerário até Londrina (PR), acompanhado por viaturas, onde mora a família do agente da Polícia Civil.  Ele será sepultado na cidade paranaense. 

Acesse e receba notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Polícia