Polícias de SC e SP trocam informações e foragidos catarinenses são presos

Homens teriam planejado um atentado contra um policial civil em Santa Catarina neste ano

Dois homens foragidos em Santa Catarina foram presos, na quinta-feira (16), graças a uma troca de informações interestadual. Isso porque, para localizar os investigados, Polícia Civil de Santa Catarina e a Polícia Militar de São Paulo compartilharam dados entre si.

Polícia CivilHomens foram presos em São Paulo (SP) – Foto: Bruno Golembiewski/ND Mais

Em agosto de 2021, os homens teriam colocado fogo na motocicleta de um policial civil em Riqueza, no Oeste catarinense. Na ocasião, eles foram presos em flagrante e soltos no dia seguinte, em audiência de custódia.

O caso teve uma reviravolta pouco depois. É que surgiram elementos que indicavam que os suspeitos estariam planejando um atentado contra um policial civil em Santa Catarina. A justiça, então, acatou o pedido de prisão preventiva dos investigados.

Na véspera do início de uma operação que cumpriria os mandados de prisão, porém, os investigados fugiram para o Estado de São Paulo, onde estavam escondidos.

Como foram encontrados

Os homens investigados foram localizados e presos na tarde de quinta-feira (16) depois de trocas de informações Polícia Civil de Santa Catarina e a Polícia Militar de São Paulo, com auxílio do CIOF (Centro Integrado de Operações de Fronteira) da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Eles estavam na capital de São Paulo e foram achados pela Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar).

Os homens, de 22 e 38 anos, foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisório Belém II, em São Paulo (SP), onde permanecem à disposição da Justiça.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...