Prefeito do Rio, Marcelo Crivella, é preso nesta terça-feira

Prisão ocorreu na manhã desta terça-feira (22), na capital carioca, como parte dos desdobramentos da Operação Hades

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi preso em uma operação da Polícia Civil e do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro). A prisão ocorreu na manhã desta terça-feira (22), na capital carioca, como parte dos desdobramentos da Operação Hades, que investiga um suposto “QG da Propina” na Prefeitura do Rio.

marcelo crivella foi preso em operação da polícia e do mp-rjCrivella foi preso na manhã desta terça-feira – Foto: Arquivo/Tomaz Silva/Agência Brasil/Divulgação/ND

A operação em questão teve início no dia 10 de março, apurando suspeita de irregularidades na Riotur (Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro). O órgão é responsável pela realização das festas de Carnaval e Réveillon na cidade.

Na ocasião, Crivella se manifestou sobre as buscas feitas em sua casa e no Palácio da Cidade. Ele considerou “a ação injustificada, já que sequer existe denúncia formal e eu não sou réu nesta ou em qualquer outra ação”.

Crivella está a nove dias do fim do mandato. Às 6h40, ele estava sendo encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) para a realização dos exames de corpo de delito.

Entre os demais mandados cumpridos nesta terça estão os de prisão do empresário Rafael Alves e do delegado Fernando Moraes. O irmão de Rafael, Marcelo, era diretor-presidente da Riotur e foi exonerado no fim de março, após o início da operação.

Segundo as investigações, Rafael facilitaria a assinatura dos contratos e o pagamento das dívidas. O ex-senador Eduardo Lopes, também alvo da operação, não foi localizado pela polícia.

Com informações do Metrópoles.

+

Polícia

Loading...