Prefeitura desmente argumento de motorista que atropelou e matou ciclista em Blumenau

O jovem de 23 anos se apresentou nessa quarta-feira ao lado de sua advogada na Delegacia de Polícia

Na segunda-feira  (22), por volta das 20h um ciclista foi atropelado na rua Gustavo Zimmermann, no bairro Itoupava Central, em Blumenau, o motorista do veículo não havia prestado socorro até o momento.

Adir faleceu no mesmo dia no Hospital Santo Antônio, o motorista se apresentou a Delegacia na quarta-feira- Foto: Arquivo Pessoal/ Reprodução FacebookAdir faleceu no mesmo dia no Hospital Santo Antônio, o motorista se apresentou a Delegacia na quarta-feira- Foto: Arquivo Pessoal/ Reprodução Facebook

Porém, na quarta-feira (24), após o acontecimento que tirou a vida de Adir Caetano, de 47 anos, o motorista que até o momento não tinha sido identificado, se apresentou junto com a advogada de defesa na Delegacia de Polícia.

De acordo com a sua advogada, o homem de 23 anos, explicou que  o local por onde ele transitava está em obras. Devido a má iluminação pública e sinalização dos trabalhos no local, o motorista não tinha visto o ciclista, mas sentiu que algo havia batido próximo ao para-lama de seu veículo e acreditava que era algo da obra.

Por outro lado, em nota, a Prefeitura de Blumenau informou  que trabalha, de fato, em obras de implantação de calçadas, ciclovias e sistema de drenagem na Rua Gustavo Zimmermann.

Porém, os trabalhos,  seguem em dois trechos, próximo ao número 1.400 e também próximo ao número 2.660. Já o atropelamento teria ocorrido próximo ao número 2.088, onde não existem frentes de trabalho neste momento.

Portanto,  segundo a Prefeitura, a  informação prestada pelo motorista de que o local está com material de obras e mal sinalizado, não confere com a realidade registrada pela Secretaria Municipal de Obras.

+

Últimas notícias

Loading...