SC fecha 2021 com o menor número de homicídios dos últimos 14 anos

Estado registrou queda de 7,5% de crimes violentos em relação ao ano de 2020; taxa é a menor do Sul do Brasil

Santa Catarina registrou 638 homicídios no ano de 2021 o que representa o menor número desde que o indicador passou a ser contabilizado em 2008.

SC tem a menor taxa de homicídios a cada 100 mil habitantes do Sul do Brasil – Foto: PC/Divulgação/NDSC tem a menor taxa de homicídios a cada 100 mil habitantes do Sul do Brasil – Foto: PC/Divulgação/ND

De acordo com o governo estadual, os crimes violentos tiveram uma queda de 7,5%, passando de 690 em 2020 para 638 no ano passado. Levando em consideração os números apresentados, 2021 registrou média de 1,74 homicídios por dia.

Com isso, a taxa por cada 100 mil habitantes caiu de 9,5 para 8,8 no estado catarinense, a mais baixa do Sul do Brasil.

Veja os registros nos últimos anos

O total de mortes violentas – que inclui também latrocínios, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de ação policial – teve redução percentual ainda mais significativa: 8,9%.

“São as nossas forças de segurança que fazem de Santa Catarina um dos estados mais seguros do Brasil. Somos uma referência dentro do país e vamos seguir neste caminho. Para 2022, haverá a valorização das nossas polícias, com o reajuste salarial que não ocorria há mais de sete anos. Tenho certeza que teremos outro ano vitorioso”, afirma o governador Carlos Moisés.

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcelo Pontes, o trabalho integrado do Colegiado Superior é um dos fatores que colaborou para a redução da violência em Santa Catarina em 2021.

“Trabalhar de forma integrada e focar nas ações preventivas nos auxiliou a reduzir esses índices. Destaque para o trabalho da inteligência policial, que serviu de suporte para as ações operacionais devidamente planejadas, e para as ações internas visando a qualificação dos policiais militares”, explica o comandante-geral.

Apesar de divulgar os dados, o governo estadual informou que a explicação para a diminuição dos homicídios será conhecida apenas durante uma entrevista coletiva na próxima semana.

+

Polícia

Loading...