Sem roupa, homem é flagrado ferido no interior de município de SC

Caso foi registrado na noite deste sábado (14), na linha Cruzeiro, em Itá, no Oeste do Estado; homem foi encaminhado ao hospital

Um homem totalmente sem roupa e ferido foi flagrado, na noite deste sábado (14), andando por uma estrada no interior do município de Itá, no Oeste de Santa Catarina. Ele apresentava uma lesão na cabeça e um corte na perna, segundo a PM (Polícia Militar).

Ocorrência foi atendida pela Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros [Imagem ilustrativa] – Foto: Polícia Militar/Divulgação/NDOcorrência foi atendida pela Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros [Imagem ilustrativa] – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND
Em um primeiro momento, a PM informou que recebeu uma denúncia de que um homem nu teria tentado entrar em uma casa, próximo ao ginásio da comunidade linha Cruzeiro, no interior do município.

Ao chegar às proximidades do local, os militares avistaram o homem sem roupa, caminhando em direção contraria à comunidade. Segundo a PM, ele estava bastante machucado e teria relatado que havia tirado a roupa para nadar no rio e que bateu a cabeça em uma pedra. O homem disse, ainda, que estava na comunidade porque trabalhava na região.

De acordo com a PM, ele tinha momentos de fala confusa e conversava sobre coisas fora de contexto. Diante da impossibilidade de diálogo, foi solicitado apoio da ambulância e do Corpo de Bombeiros, que conduziram o homem até o hospital de Itá.

Os policias se deslocaram até a comunidade a fim de esclarecer os fatos, porém ninguém soube informar precisamente o que aconteceu, apenas que o homem estava transitando sem roupa.

Conforme a polícia, como o homem ferido não apontou um autor para o fato foi orientado a respeito do prazo de seis meses para representação, assim como o encaminhamento da guia de lesão corporal.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...