Seringa usada em aplicação falsa em SC é encontrada cheia de líquido

O material, que deveria ser utilizado para vacinação de idosa de 89 anos contra a Covid-19, foi apreendido pelo IGP (Instituto Geral de Perícias)

A seringa utilizada em uma falsa aplicação de vacina contra a Covid-19 na cidade de Araranguá, no Sul de Santa Catarina, foi apreendida ainda com líquido dentro. A perícia do IGP (Instituto Geral de Perícias) aconteceu nesta quarta-feira (26).

Caso ocorreu durante a aplicação da primeira dose da vacina na idosa de 89 anosCaso ocorreu durante a aplicação da primeira dose da vacina na idosa de 89 anos – Foto: Reprodução

Segundo a defesa do aplicador, que é enfermeiro e estudante de medicina, a constatação comprovaria que o jovem não tentou desviar o imunizante para outros fins.

A seringa estava dentro de uma caixa onde ficam armazenadas as ampolas após as aplicações, aberta na presença dos peritos e dos dois advogados do suspeito.

O imunizante seria utilizado para a primeira dose de vacina contra a Covid-19 de uma idosa de 89 anos. Filmagem revela, no entanto, que o líquido da vacina não foi verdadeiramente aplicado pelo estudante.

Com a repercussão do caso, que viralizou nas redes sociais, a prefeitura da cidade emitiu uma manifestação de repúdio contra o ato.

O delegado Thiago Reis, coordenador da 1ª Delegacia de Polícia Civil, esclarece que as investigações seguem em andamento.

“O perito vai avaliar, responder os quesitos. A gente encaminhou um oficio do que entendemos que é relevante para analisar”, frisou.

Apurações

Ao todo, 11 pessoas já foram ouvidas pela polícia. Segundo o delegado, a expectativa é de que o aplicador seja interrogado na tarde desta quinta-feira (27).

“Já ouvimos a pessoa que filmou [a aplicação]”, antecipa Reis. “Já ouvimos 11 pessoas de uma lista de 12, que seriam, segundo a secretaria, todas as pessoas envolvidas nas equipes que participaram da vacinação”.

Assim que a Polícia Civil teve conhecimento do caso,  nesta quarta-feira, os agentes entraram em contato com a Secretaria de Saúde e acessaram o boletim de ocorrência. “Com essa conversa inicial com o secretário, a gente estabeleceu algumas estratégias, dentre elas a de procurar essa caixa”.

Relembre o caso

A situação veio à tona a partir de um vídeo, que circula nas redes sociais, revelando um suposto flagrante de vacinação forjada em Araranguá. Familiares da idosa vacinada, uma mulher de 89 anos, afirmam que o enfermeiro fingiu aplicar a vacina contra Covid-19.

O caso teria ocorrido em uma das tendas de vacinação erguidas pela prefeitura, no bairro Cidade Alta. Um dos familiares da idosa, que a estava acompanhando, filmou o momento em que ela recebia a dose da vacina.

Ao mostrar o vídeo a familiares, perceberam que o enfermeiro teria injetado a agulha no braço da mãe sem que a aplicação do líquido.

Veja o vídeo:

+

Polícia

Loading...