Sexo com cadela pode render cinco anos de prisão para ex-político

Polícia encontrou homem com cadela sob viaduto em área nobre na Zona Sul do Rio de Janeiro, na Lagoa Rodrigo de Freitas

Policiais do Rio de Janeiro prenderam Cleber Alcasar, após denúncias de protetores de animais. A acusação é bizarra: abuso sexual de cadelas sob um viaduto na Lagoa Rodrigo de Freitas, área nobre da Zona Sul do Rio. A história ficou pior na sequência da investigação, na qual os policiais descobriram que Cleber Alcasar é reincidente.

Estuprador foi encontrado com cadela sob um viaduto – Foto: ReproduçãoEstuprador foi encontrado com cadela sob um viaduto – Foto: Reprodução

Ele é muito conhecido em Divinópolis, que fica em Minas Gerais. Respeitado por moradores locais, Cleber Alcasar entrou para a política, sempre concorrendo em eleições municipais, como vereador na cidade. Fez fama por meio da iniciativa de recolher animais de rua, de acordo com o “Jornal da Cidade Online”.

Entretanto, algum tempo depois moradores desconfiaram dos ganidos constantes emitidos pelos cães, vindos da residência de Cleber. Primeiro, pensaram em maus-tratos. Mas, em seguida, veio a constatação bizarra: ele abusava sexualmente das cadelas.

Assim, a polícia mineira prendeu Cleber Alcasa em 2017, em flagrante, com uma cadela no colo e outra já estuprada sobre a cama de seu quarto.

Agora, no caso do Rio, ele foi indiciado pelo mesmo motivo, podendo pegar até cinco anos de prisão. A cadela encontrada com ele foi encaminhada a um veterinário, em seguida para um abrigo.

+

Polícia

Loading...