“Stalker” que perseguia e ameaçava mulher é preso no Vale do Itajaí

Crime que descreve conduta de "stalker" foi incluído na legislação há menos de um mês, e prevê crime para quem persegue e realiza ameaças, sejam físicas ou psicológicas

Um “stalker” que ameaçava e perseguia constantemente uma mulher com quem não tinha relação, em Brusque, foi preso nesta sexta-feira (9) pela Polícia Civil.

O criminosos de 40 anos foi capturado no bairro Volta Grande, em ação da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso), após denuncia pelo Ministério Público.

stalker; preso; brusque; ameaçava; perseguiaHomem oferecia rituais às vitimas e depois as extorquia – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

Segundo a corporação, o homem dizia que a mulher não poderia se relacionar com nenhum outro homem, mesmo não tendo relações com a vítima.

Diante das ameaças, a Polícia Civil de Brusque pediu prisão preventiva do homem, que teve aval do Judiciário.

A ação, apelidada de “stalking” é descrita em Lei Federal de março de 2021, prevendo crime ao “perseguir alguém, reiteradamente e por qualquer meio, ameaçando-lhe a integridade física ou psicológica, restringindo-lhe a capacidade de locomoção ou, de qualquer forma, invadindo ou perturbando sua esfera de liberdade ou privacidade”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia