Suspeito de participação em morte de jovem carbonizada em SC tem prisão prorrogada

Mauriceia Estraich morreu no dia 28 de março após a casa em que morava pegar fogo na cidade de Descanso, no Extremo-Oeste

O suspeito de envolvimento na morte da jovem Mauriceia Estraich, de 22 anos, que ocorreu no dia 28 de março na cidade de Descanso, no Extremo-Oeste de Santa Catarina, teve a prisão preventiva prorrogada por mais 30 dias. A informação foi divulgada pela Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (26).

casa ficou destruída em incêndioA casa de madeira foi destruída pelo fogo. – Foto: Marcos de Lima Portal Peperi

O homem, que não teve a identidade e nem o vínculo com a vítima revelados, foi preso em flagrante ainda no dia do crime após prestar declarações falsas ao ser interrogado.

Segundo o delegado da Polícia Civil responsável pelo caso, Cléverson Luis Muller, a investigação apontou indícios de que o suspeito estava na casa de Mauriceia antes do incêndio começar. Ele ainda teria conhecimento de que a vítima estava sozinha em casa.

O delegado informou que exames periciais demonstraram que a jovem estava viva quando o incêndio começou e que ela não possuía limitações que a impedissem de sair da casa. Também foi confirmado que os cachorros que ficavam dentro da casa se salvaram do fogo, mesmo com ambas as portas da casa fechadas.

Conforme Muller, até o momento foram ouvidas mais de 20 pessoas. O suspeito, ao ser interrogado, negou participação no crime.

“Considerando a complexidade dos fatos investigados, aliado a pendência da conclusão de laudos periciais, especialmente os encaminhados ao Instituto de Análises Forenses em Florianópolis, não foi possível concluir as investigações, sendo então representado pela prorrogação da prisão temporária”, disse o delegado.

O inquérito policial terá prazo de mais 30 dias para conclusão e segue em sigilo.

Polícia Civil trabalha com a possibilidade de feminicídio. - Marcos de Lima Portal Peperi
1 3
Polícia Civil trabalha com a possibilidade de feminicídio. - Marcos de Lima Portal Peperi
Jovem estava sozinha em casa no momento que o incêndio ocorreu. - Marcos de Lima Portal Peperi
2 3
Jovem estava sozinha em casa no momento que o incêndio ocorreu. - Marcos de Lima Portal Peperi
IGP realizou perícia no local do incêndio. - Marcos de Lima Portal Peperi
3 3
IGP realizou perícia no local do incêndio. - Marcos de Lima Portal Peperi

Relembre o caso

A jovem Mauriceia Estraich morreu carbonizada na casa onde morava com o companheiro no loteamento Novo Horizonte, em Descanso. A casa de aproximadamente 60 m² foi atingida pelo fogo na manhã do domingo, 28 de março.

Jovem Mauriceia morreu carbonizadaJovem era muito querida entre familiares e amigos. – Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução/ND

O imóvel, que pertence ao pai da vítima, foi totalmente destruído. A jovem estava sozinha em casa quando o incêndio começou. Após controlar as chamas, os bombeiros encontraram o corpo carbonizado em um dos cômodos. Ainda no dia do incêndio, a polícia ouviu sete pessoas próximas de Mauriceia.

Segundo o delegado, um exame preliminar apontou marcas suspeitas no corpo da jovem, o que intrigou a investigação e levantou a hipótese de feminicídio.

O velório e o sepultamento de Mauriceia ocorreram na última sexta-feira (23), no salão da Igreja Católica Apostólica da Doutrina de Cristo da Paróquia São Jorge, após 26 dias da morte.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...