Suspeitos de furtar energia elétrica são presos em Indaial

Mulher e homem, que eram irmãos, alegaram não saber que existia um sistema de furto de energia instalado em sua rede elétrica e foram liberados por falta de provas

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de furto de energia elétrica por volta das 8h da última sexta-feira (5) na rua Antonina, no bairro Encano do Norte, em Indaial.

Duas pessoas suspeitas de furtar energia elétrica em Indaial, são presas - Polícia Militar/ Divulgação
1 2
Duas pessoas suspeitas de furtar energia elétrica em Indaial, são presas - Polícia Militar/ Divulgação
Duas pessoas suspeitas de furtar energia elétrica em Indaial, são presas - Polícia Militar/ Divulgação
2 2
Duas pessoas suspeitas de furtar energia elétrica em Indaial, são presas - Polícia Militar/ Divulgação

Os policiais contaram que, ao chegar no local, conversaram com um técnico da Celesc. O funcionário da empresa informou que houve uma denúncia de furto de energia.

O técnico ainda explicou que, com equipamentos específicos para averiguar esse tipo de denúncia, foi possível constatar o furto de energia. Inclusive, ele conseguiu precisar a quantidade em amperes furtada no momento.

A proprietária do local, uma mulher de 41 anos, alegou que não tinha ciência de que existia um sistema de furto de energia instalado em sua rede elétrica. Ela relatou aos policiais que a conta encontrava-se em nome de seu irmão, um homem de 21 anos, que também estava presente no local.

Além dos testes realizados pelo técnico da Celesc, um outro fato comprovou o furto de energia. Os policiais estavam presentes quando o registro geral de energia da casa da mulher foi desligado e, mesmo assim, a residência continuou com eletricidade.

Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia, mas por falta de provas, foram liberados.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...