Suspeitos de roubar 58 rolos de malha em estamparia de Blumenau são presos

Crime ocorreu em junho de 2020 e, além da malha, bandidos também levaram um veículo da empresa; um dos envolvidos é ex-funcionário da empresa

A Polícia Civil de Blumenau prendeu na manhã desta terça-feira (20) dois suspeitos de terem participado de roubo contra uma estamparia em Blumenau, em junho de 2020.

Um dos suspeitos pelo roubo a um estamparia de Blumenau foi preso em Curitiba (PR) – Foto: Divulgação/Polícia CivilUm dos suspeitos pelo roubo a um estamparia de Blumenau foi preso em Curitiba (PR) – Foto: Divulgação/Polícia Civil

O crime ocorreu no dia 27 de junho de 2020 e o alvo foi uma estamparia localizada na rua Werner Duwe. Na ocasião, três homens armados invadiram a empresa por volta da 1h da madrugada e ameaçaram e agrediram os funcionários , além de amarrá-los e trancá-los em uma sala.

Do local, os bandidos levaram 58 rolos de malha e uma veículo Fiat Ducato, deixando para a empresa um prejuízo de aproximadamente R$ 96 mil.

Durante as investigações, a polícia apurou que haveria a participação de uma quarta pessoa, que repassaria informações privilegiadas aos comparsas. A partir desta informação, a polícia aponta que um dos envolvidos também seria um ex-funcionário da empresa.

Prisões

Dos quatro suspeitos apontados pelas investigações, dois foram identificados e presos nesta terça (20). O primeiro, um homem de 22 anos, foi localizado na cidade de Curitiba (PR).  Segundo a polícia, ele era o ex-funcionário da empresa que teria passado informações sobre as rotinas aos outros assaltantes.

O segundo, de 39 anos, já estava recolhido junto ao sistema prisional, pois foi preso em setembro do ano passado por tráfico de drogas. Segundo a Polícia Civil, o suspeito possui extensa ficha criminal, com passagens policiais por roubo, porte de arma de fogo e tráfico de drogas, e estaria em liberdade condicional na época do crime.

Os dois foram indiciados e vão ficar à disposição da Justiça. As investigações seguem no intuito de identificar os outros dois suspeitos envolvidos. A operação em conjunto entre a DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Blumenau e o Centro de Operações Policiais Especiais – COPE/PR.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...