Terror em Criciúma: bandidos explodem agências bancárias e fazem reféns

Em ação que aterrorizou o Estado e o País nas primeiras horas da madrugada, ao menos duas pessoas ficaram feridas; assaltantes cercaram Criciúma, fecharam acessos e levaram pânico à população

Terror. Não há nenhuma expressão que melhor defina as primeiras horas desta terça-feira (1) em Criciúma, no Sul do Estado, depois de um ataque de criminosos a agências bancárias do município.

Em ação visivelmente bem arquitetada, dezenas de bandidos a bordo de veículos de luxo cercaram os acessos do município e renderam populares e funcionários municipais que realizavam a limpeza das ruas.

Pessoas são colocadas como reféns no ataque as agências bancárias, no centro de Criciúma – Foto: Divulgação/redes sociais/NDPessoas são colocadas como reféns no ataque as agências bancárias, no centro de Criciúma – Foto: Divulgação/redes sociais/ND

Conforme apurado, ao menos duas pessoas ficaram feridas: um vigilante e um policial militar. A ação, até por ter sido realizada em uma área central, começou a “pipocar” em redes sociais desde os primeiros minutos da madrugada.

Em diversos registros é possível ver a movimentação de homens portando e disparando com armamento de grosso calibre. Outro vídeo mostra seis pessoas sentadas em uma faixa de pedestre, em condições de submissão.

Estima-se que a trama tenha começado por volta da meia-noite e se estendido até as 2h, momento em que uma espécie de “carreata” foi testemunhada pelas ruas do município.

Prefeito pede que as pessoas fiquem em casa

Segundo o prefeito Clésio Salvaro (PSDB), ao menos dez veículos tomaram a direção Sul, rumo a Porto Alegre, por vias alternativas. Imagens deram conta de uma passagem no município de Nova Veneza, cerca de 20 km de Criciúma.

O chefe do Executivo pediu para que a população ficasse em casa. No vídeo, publicado à 1h da madrugada, Salvaro informava que a situação estava descontrolada.

“A cidade neste momento está sitiada. São criminosos muito bem preparados. Certamente vieram de outros estados da federação. Recomenda-se que você fique em casa”, disse.

Vias fechadas

Em um outro indício de uma trama elaborada, os bandidos trataram de incendiar um veículo no acesso ao túnel do Morro do Formigão, no quilômetro 338 da BR-101, direção Sul, que liga o município de Tubarão até Criciúma. O objetivo, relatou o prefeito, foi impedir a chegada de reforço de outros municípios.

Não há informações oficiais sobre quais são as agências assaltadas.

Em contato com o delegado Albert Dieison Silveira, da SAER-Fron (Serviço Aeropolicial de Fronteira), ele limitou-se a dizer que deve se deslocar até Criciúma nas primeiras horas da manhã.

Já o tenente-coronel Cristian Dimitri Andrade, do 9º BPM (Batalhão da Polícia Militar), encaminhou um áudio, ainda ao longo da ação, confirmando o ataque e pedindo atenção a população.

Artefatos e população às ruas

Logo após as imagens que indicaram a saída dos bandidos, em formato de carreata, de Criciúma, objetos apontados como supostos artefatos foram fotografados em diversos pontos do centro da cidade.

Cidadãos são rendidos pelos criminosos; terror em Criciúma – Foto: Divulgação/NDCidadãos são rendidos pelos criminosos; terror em Criciúma – Foto: Divulgação/ND

Conforme repassado pelo prefeito Clésio, peritos já estão nas ruas da cidade para aferir se, de fato, os objetos são potenciais de explosões.

Além de supostos explosivos, muitas notas foram espalhadas pelas ruas da cidade. Populares, no transcorrer da madrugada, saíram para “pescar” as notas deixadas após a ação dos meliantes.

Não há informações oficiais, no entanto, se o despejo do dinheiro foi proposital ou não.

Outra confirmação dada pelo prefeito da cidade carbonífera é de que lojas e estabelecimentos do centro da cidade foram saqueados.

+

Polícia