Terror físico e psicológico marcam o fim de semana de mulheres do Vale do Itajaí

Entre sábado (22) e a madrugada desta segunda-feira (24) 10 casos de violência doméstica foram registrados

O fim de semana foi marcado por terro físico e psicológico para moradoras do Vale do Itajaí. Entre sábado (22) e a madrugada desta segunda-feira (24) a Polícia Militar registrou nove ocorrências de violência doméstica contra mulheres, além de um estupro.

Violência doméstica – Foto: Marcos Santos/USP Imagens/Divulgação/NDViolência doméstica – Foto: Marcos Santos/USP Imagens/Divulgação/ND

Os casos foram registrados em quatro cidades da região: Blumenau, Brusque, Rodeio e Rio dos Cedros. Das 10 ocorrências registradas, oito foram por lesão corporal, uma por descumprimento de medida protetiva e uma por estupro.

Nove pessoas foram presas. Ciúmes e embriaguez estão entre os principais motivos das agressões. Metade das ocorrências foram registradas em Blumenau, maior cidade do Vale.

Em um dos casos registrados em Blumenau, o agressor chegou a utilizar o para-brisa de um carro para agredir a vítima. Em outro, o homem usou uma faca para cortar uma piscina e intimidar a vítima, que afirmou sofrer terro psicológico constante.

Um caso registrado em Brusque chamou a atenção da polícia. Um homem foi preso após agredir e tentar estrangular a própria esposa durante a festa de aniversário do filho do casal.

Mulher estuprada após festa

Em Rio dos Cedros, uma mulher de 43 anos acionou os bombeiros após acordar e ver que havia sido agredida e estuprada. Já no hospital a vítima conversou com a PM e explicou que na noite de sábado (22) foi para um baile onde conheceu um homem de 29 anos. Após a festa, a mulher foi levada para a casa do indivíduo, onde foi agredida e estuprada.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...