Traficantes são presos com maconha em fundo falso de carro em Chapecó

Operação Hórus aconteceu na manhã desta terça-feira (8) no interior do município; dois carros foram apreendidos

Dois traficantes foram presos com grande quantidade de maconha nesta terça-feira (8), na saída da SCT-480, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. A Operação Hórus envolveu agentes da PC (Polícia Civil) e PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Droga foi apreendida em um fundo falso do carro – Foto: Roberto Bortolanza/NDTV/NDDroga foi apreendida em um fundo falso do carro – Foto: Roberto Bortolanza/NDTV/ND

Os homens transportavam os tijolos de maconha em um fundo falso criado no para-choque traseiro de um Fiat/Tempra, com placas de Entre Rios do Sul/RS. Eles foram abordados na rodovia que dá acesso ao estado gaúcho. 

“Ao que tudo indica, os criminosos trouxeram a droga do Paraná e a levariam para o Rio Grande do Sul”, disse o delegado da DIC (Divisão de Investigação Criminal), Rodrigo Moura.  A droga foi localizada com apoio de um cão farejador da PRF. 

Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar foi chamada para cortar a lataria do carro em busca de novas porções de droga. Até o meio-dia, a quantidade de maconha apreendida ainda não havia sido contabilizada.

Traficantes presos 

Os dois homens foram presos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Um dos presos, segundo a Polícia Civil, é um cidadão venezuelano, de 18 anos; o outro é um rapaz de Chapecó de 25 anos.

Homens estavam no mesmo carro – Foto: Roberto Bortolanza/NDTV/NDHomens estavam no mesmo carro – Foto: Roberto Bortolanza/NDTV/ND

Eles eram monitorados pelos policiais desde a noite anterior, quando a investigação recebeu informações sobre a chegada de um carregamento de drogas em Chapecó. 

Um Honda/Fit, que era usado como carro de apoio,  também foi apreendido pelos policiais. O veículo foi utilizado para o deslocamento deles no município. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia