Três adolescentes são resgatadas após denúncia de exploração sexual em balada de Florianópolis

Operação policial encontrou as garotas na noite desta quinta-feira (12); jovens foram encaminhadas à delegacia e dono do estabelecimento foi preso em flagrante

Três adolescentes foram resgatadas após denúncias de exploração sexual em uma casa noturna de Florianópolis. A ação ocorreu na noite desta quinta-feira (12), no Norte da Ilha, em mais uma etapa da Operação Parador 27, da Polícia Militar. O dono do estabelecimento foi preso em flagrante e as adolescentes encaminhadas à delegacia especializada.

PMSC resgata três menina durante Operação Parador 27 – Foto: PMSC/Divulgação/NDPMSC resgata três menina durante Operação Parador 27 – Foto: PMSC/Divulgação/ND

A Operação desta quinta foi uma ação conjunta do 21° BPM (Batalhão da Polícia Militar) e do 1° Batalhão de Polícia Militar Rodoviária. O objetivo é apurar denúncias de adolescentes que estariam sendo exploradas sexualmente na Capital. A vistoria desta quinta-feira aconteceu em duas casas noturnas na região do Norte da Ilha.

Em um dos estabelecimentos denunciados foram encontradas três adolescentes, duas de 17 anos e uma de 15 anos. Todas vieram do Rio Grande do Sul e, segundo a polícia, estavam sendo exploradas sexualmente em troca de dinheiro.

De acordo com o relato das vítimas, elas ficavam trancadas na casa das 20h às 5h. Os programas eram realizados nos quartos do local e, em caso de descumprimento de regras, as garotas eram punidas financeiramente no valor total.

As adolescentes foram encaminhadas à delegacia especializada, enquanto o proprietário do estabelecimento foi preso em flagrante. – Foto: PMSC/Divulgação/NDAs adolescentes foram encaminhadas à delegacia especializada, enquanto o proprietário do estabelecimento foi preso em flagrante. – Foto: PMSC/Divulgação/ND

O dinheiro que elas teriam para receber, ainda conforme a polícia, seria entregue somente quando as adolescentes retornassem ao Estado gaúcho, o que estava previsto para ocorrer em 15 de maio. A casa foi fechada e o dono foi levado à Central de Polícia.

As adolescentes foram encaminhadas à DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso), para acolhimento junto ao Conselho Tutelar.

Operação Parador 27

A PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina) vem realizando a Operação Parador 27, em todas as regiões do Estado. A ação faz parte da 2ª Operação Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que teve início no dia 2 de maio, com foco na fiscalização das rodovias federais, estaduais e logradouros adjacentes.

As ações são realizadas em estabelecimentos comerciais com indicativos de exploração sexual de menores – Foto: PMSC/Divulgação/NDAs ações são realizadas em estabelecimentos comerciais com indicativos de exploração sexual de menores – Foto: PMSC/Divulgação/ND

Segundo a PM, estão sendo feitas diversas ações de abordagem policial em estabelecimentos comerciais, com denúncias de exploração sexual de crianças e adolescentes, fiscalização de alvarás, verificação no entorno de postos de combustíveis e também nas proximidades de lojas de conveniências.

O nome da operação faz referência aos pontos de paradas de descanso por todo o Brasil, locais sensíveis à prostituição e exploração sexual infantil. A ação está prevista para encerrar no dia 18 de maio, quando é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Diversa+ na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...