‘Que nunca mais aconteça’, diz morador de São José sobre chacina em frente a quitinete

Três homens foram mortos em frente a uma quitinete no bairro Bela Vista, na madrugada desta sexta-feira (11)

Três homens foram mortos em uma chacina em frente a uma quitinete na rua Itacorubi, no bairro Bela Vista, uma área residencial de São José. As vítimas foram atingidas por vários tiros, uma delas morava no imóvel. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (11) e deixou os moradores da região assustados devido à violência.

Três horam foram mortos em São José – Foto: Reprodução/NDTrês horam foram mortos em São José – Foto: Reprodução/ND

Um dos moradores do local, que preferiu não se identificar, falou sobre o caso. “Eu ouvi os tiros, só. A gente até pensou que fosse foguete, pelo barulho tão grande que foi. Mas a gente não sabe o que aconteceu. Hoje de manhã é que a gente foi saber que houve um tiroteio aqui, que morreu gente aqui”, relatou ele. Os demais moradores, com medo, preferiram não se pronunciar.

Conforme informações apuradas pela reportagem do Balanço Geral Florianópolis, os assassinos agiram rápido e usaram pistolas e armas de cano longo. Os criminosos chegaram em quatro, deram uma volta na quadra. Um deles ficou no carro, enquanto os outros três desceram e surpreenderam as vítimas, que ficaram sem chance de fugir ou reagir.

As três vítimas já foram identificadas, segundo o IGP (Instituto Geral de Perícias), mas apenas o nome de uma delas foi divulgado. Vitor Fabricio Rodrigues morava na quitinete onde a chacina aconteceu e tinha passagens policiais por tráfico de drogas, roubo, receptação e porte ilegal de arma de fogo, segundo informações da PM (Polícia Militar).

Na quitinete, foram apreendidas drogas, uma pistola e munições – Foto: Reprodução/NDTV RecordTVNa quitinete, foram apreendidas drogas, uma pistola e munições – Foto: Reprodução/NDTV RecordTV

Ainda segundo a polícia, na quitinete onde Rodrigues morava, foram apreendidos aproximadamente 32 kg de maconha, 0,5 kg de cocaína, uma pistola calibre 45 com dois carregadores e munições diversas. A PM também encontrou dois coletes balísticos e três pares de roupa camuflada.

“Verifica-se um planejamento, até porque esses indivíduos que foram mortos também estavam armados. Então, teve um planejamento, uma execução rápida e agora nós estamos na fase de investigação, para verificar se conseguimos identificar os autores desse delito. Provavelmente, foi um acerto de contas ”, contou o tenente-coronel André Rodrigo Serafim.

Marcas das balas estão nos muros e até nas janelas das casas – Foto: Reprodução/NDTV RecordTVMarcas das balas estão nos muros e até nas janelas das casas – Foto: Reprodução/NDTV RecordTV

As marcas das balas estão nos muros e até nas janelas das casas. Os moradores lavaram o sangue nas calçadas, mas dificilmente vão esquecer a chacina que aconteceu tão perto de suas casas. “Nessa parte aqui, nunca teve problema assim. [Foi um] caso isolado. Que nunca mais aconteça isso”, acrescentou o morador que não quis se identificar.

A PM prometeu reforçar a segurança na região: “A gente tá efetivando uma nova companhia, um novo planejamento operacional, que impacta essa região, com aumento de viaturas e operações no local”, disse Serafim.

Confira mais informações na reportagem do Balanço Geral Florianópolis.

+

BG Florianópolis