Viagem de aplicativo termina com prisão de assaltantes armados com metralhadora em Palhoça

Motorista foi enganada durante corrida no aplicativo e teve seu veículo roubado em Santo Amaro da Imperatriz; após roubo, policiais prenderam os assaltantes

A PM (Polícia Militar) de Palhoça foi acionada perto das 3h50 desta segunda-feira (7) por uma motorista de aplicativo que teve seu carro roubado em Palhoça, após uma corrida. Os assaltantes já eram procurados pela PM por outros roubos na região da Grande Florianópolis.

Criminosos eram procurados por outros crimes na região de Palhoça – Foto: Polícia Militar de Palhoça/Divulgação/NDCriminosos eram procurados por outros crimes na região de Palhoça – Foto: Polícia Militar de Palhoça/Divulgação/ND

Segundo a motorista, ela estava em São José quando aceitou a corrida em Santo Amaro da Imperatriz, município vizinho de Palhoça. No aplicativo, a solicitação dizia ser de uma mulher, mas ao chegar no local, ela encontrou dois homens armados com uma metralhadora, que anunciaram o assalto.

Metralhadora utilizada no crime – Foto: Polícia Militar de Palhoça/Divulgação/NDMetralhadora utilizada no crime – Foto: Polícia Militar de Palhoça/Divulgação/ND

Eles entraram no veículo, e no final da corrida, encerrada na cidade de Palhoça, deram uma coronhada na cabeça da motorista.

Os assaltantes amarraram a mulher e a jogaram no mato. Após isso, saíram em fuga com o automóvel, que se tratava de um Logan branco locado.

Ela conseguiu chamar a polícia, que registrou um boletim de ocorrência. Durante uma ronda no bairro Barra do Aririú, em Palhoça, os policiais militares localizaram o carro e também os assaltantes, que estavam entrando em uma residência local.

Na casa, eles foram presos em flagrante. Um dos homens já era procurado pelos policiais por vários roubos na região. Entre eles, um roubo armado em estabelecimento notificado na Praia de Fora, no último dia 29 de janeiro.

Junto dos assaltantes foram encontrados também um simulacro de submetralhadora, um celular, e a carteira da motorista do aplicativo, com R$ 210 dentro. A mulher reconheceu a arma usada no crime, bem como os homens. Eles foram encaminhados para a delegacia de polícia de Palhoça.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...