VÍDEO: Aglomeração é dispersada com tiros durante limpeza da praia de Balneário Camboriú

Multidão se reunia na faixa de areia da praia Central de Balneário Camboriú e, segundo prefeitura, dificultava limpeza da praia

A Guarda Municipal de Balneário Camboriú utilizou na madrugada desta sexta-feira (31) tiros de granilha para dispersar uma aglomeração de pessoas na praia Central. A intenção era liberar a faixa de areia para a limpeza, segundo a prefeitura.

Veja o vídeo

As imagens aéreas mostram pessoas correndo em direção à avenida após uma série de disparos. Os tiros teriam sido disparados contra o chão e não há informações de feridos e nem do número de balas.

Conforme a prefeitura, foram necessários realizar os disparos pois algumas pessoas não queriam se retirar da faixa de areia, dirigindo ameaças aos agentes. O órgão mencionou que garrafas foram disparadas contra os guardas municipais. Nenhum servidor foi ferido.

Limpeza da praia central

A limpeza da praia Central é feita diariamente durante a temporada e costuma ocorrer no o início da madrugada e segue até as primeiras horas da manhã. Geralmente os tratores realizam a varredura – retirando garrafas, sacos e o “grosso do lixo – entre às 4h e 5h.

A Guarda Municipal acompanha a empresa ambiental durante a limpeza. Não há protocolo sobre como as pessoas devem se comportar durante o procedimento. Segundo a prefeitura, antes do início dos trabalhos os guardas pedem às pessoas que deixem a faixa de areia.

A prefeitura afirmou ainda que a granilha, feita com granito moído, é um tipo de armamento menos letal que o elastômero e pediu “bom senso” por parte dos veranistas.

Moradores e visitantes foram dispersados pela guarda municipal de Balneário CamboriúPopulação dispersada na praia Central – Foto: Reprodução/Redes Sociais/ND

Fiscalização das caixas de som

Nesta quinta-feira (30) outra ação de fiscalização foi realizada na praia Central. Os agentes inspecionaram as caixas de som na areia e 58 equipamentos foram apreendidos. Os donos se dirigiram receberam uma notificação para a retirada do equipamento.

Os equipamentos estão proibidos desde quarta, e o uso implica em perturbação do sossego. A autuação pode gerar até multa, que pode variar entre meio até cinco salários mínimos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...