VÍDEO: Baladas ao ar livre deixam rastro de lixo e tiram o sono de moradores de Itajaí

Adolescentes costumam se reunir para grandes festas no meio da rua, com direito a bebida e drogas

Moradores da Praia Brava, em Itajaí, estão cada vez mais preocupados e incomodados com as ‘baladas’ ao ar livre que acontecem todos os finais de semana. Além de tirar o sono de quem mora no local, as festam deixam um verdadeiro rastro de lixo e destruição. São garrafas de bebidas largadas, e portões e muros quebrados pelos festeiros quase todos os finais de semana.

As festas acontecem nas proximidades da rua Duílio Furlan, que é uma das poucas ruas do bairro que não tem pavimentação. Além disso, só há um poste na rua, e, segundo a PM (Polícia Militar), esse pode ser um dos motivos para que as baladas aconteçam lá.

Vídeos feitos por moradores mostram verdadeira balada ao ar livre em Itajaí – Foto: Reprodução/NDVídeos feitos por moradores mostram verdadeira balada ao ar livre em Itajaí – Foto: Reprodução/ND

Nestas festas, carros de som com várias pessoas param e fecham a rua. São, na maioria, adolescentes, que bebem e usam drogas a vontade. Moradores da rua, que não quiseram se identificar, afirmam que isso atrapalha o sossego, já que as ruas são residenciais.

A PM registrou diversas ocorrências na região nas últimas semanas. Em uma destas baladas, cerca de 100 pessoas estavam na rua. Quando os policiais solicitaram que encerrasse a festa, os jovens responderam quebrando o portão de uma das casas.

Outra festa tinha mais de 300 pessoas bloqueando a rua, usando drogas e consumindo bebidas alcoólicas. A guarnição do tático foi acionada para encerrar a festa, mas foi recepcionada pelos “baladeiros” jogando lixo, bebidas e garrafas contra os policiais.

Desta vez, segundo a polícia, foi preciso uso usar spray de pimenta e balas de borracha para dispersar a festa. Uma das viaturas chegou a ficar amassada pelas garrafas jogadas contra os policiais.

Drogas, quebra-quebra e som alto: baladas ao ar livre na Praia Brava, em Itajaí, tem tirado o sono de moradores – Vídeo: Reprodução/ND

Ameaças

Moradores da rua já disseram, inclusive, que sofreram ameaças dos frequentadores destas baladas. Por isso, muitos acabam não denunciando.

Segundo o Tenente Márcio Aquino, da PM, a denúncia é necessária para garantir o registro das ocorrências e garantir o atendimento. A PM garante o sigilo do denunciante.

O que diz a prefeitura

Em relação à infraestrutura do local, a prefeitura informou que há projetos para iluminação de LED na rua, assim como a pavimentação. No entanto, essas melhorias não estão previstas no orçamento deste ano.

*Com informações da NDTV

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...