VÍDEO: Delegado confronta homem filmado praticando zoofilia em Blumenau

"Não temos dúvidas de que ele vai responder por isso", afirmou delegado Egídio Ferrari; imagens do crime circularam e causaram choque entre os moradores

O revoltante flagrante de zoofilia, denunciado nesta semana em Blumenau, teve novos desdobramentos nesta sexta-feira (3).

Após a circulação do vídeo que mostra um homem cometendo o crime em uma cadela, o delegado Egídio Ferrari, que atua na ONG Cadeia para Maus Tratos, foi até a casa do suspeito. A conversa foi registrada e publicada nas redes sociais do delegado.

Delegado Egídio Ferrari confronta suspeito de zoofilia em Blumenau – Foto: Reprodução/InstagramDelegado Egídio Ferrari confronta suspeito de zoofilia em Blumenau – Foto: Reprodução/Instagram

O suspeito negou ter cometido o crime, mas mudou de versão depois que o delegado mostrou o vídeo. O homem confirmou ser a pessoa exposta nas imagens, mas fugiu das perguntas sobre o ato.

“Fui lá, consegui encontrar a casa do autor do crime, falei com ele e com a família”, esclareceu o delegado Egídio Ferrari. “Mas não tinha situação flagrancial, então eu o identifiquei e peguei cópia da identidade dele”, completou. O delegado disse ainda que o homem “desconversou, com respostas evasivas”, e que a situação foi repassada à delegacia de Blumenau.

No vídeo publicado no Instagram do delegado, ele afirma que “quem gravou o vídeo, poucos segundos depois fez aquilo parar”. Além disso, no mesmo dia a cachorra foi resgatada pelo projeto Cadeia Para Maus-Tratos.

Confira o vídeo completo:

Egídio Ferrari conversa com homem flagrado cometendo zoofilia em Blumenau – Vídeo: Reprodução/ND

O delegado relata, ainda, que um representante da SEMMAS (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade) de Blumenau o acompanhou durante a visita.

“O Ministério Público já está ciente e não temos dúvidas de que haverá o processo criminal e ele vai responder por isso”, completa.

O caso

O vídeo mostra um homem cometendo o crime contra uma cadela, que estava solta no terreno de uma casa do bairro Fortaleza. As imagens circularam durante a semana.

O caso foi denunciado pela própria dona do animal. Todo o ato foi filmado por uma conhecida da tutora da cadela.

Na quinta-feira (2), delegado Egídio Ferrari publicou a situação em suas redes sociais e anunciou que estava apurando os fatos e daria continuidade aos atendimentos do caso.

Punição

Em maio de 2021 foi sancionada uma lei que aumenta a multa para pessoas que cometam crimes de maus-tratos em Santa Catarina.

Assim, a multa para quem comete algum tipo de crueldade contra animais, nos casos graves, passa a ser de R$ 10 mil a R$ 12 mil. As infrações consideradas gravíssimas podem custar até R$ 20 mil.

Caso seja preso e condenado, o homem suspeito de cometer o crime também pode pegar de dois a cinco anos de prisão.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...