VÍDEO: delegado faz apelo sobre desaparecimento de Amanda Albach

Jovem do Paraná foi vista pela última vez em uma balada em Jurerê Internacional, em Florianópolis; festa aconteceu no dia 14 de novembro

O caso da curitibana Amanda Albach da Silva, de 21 anos, desaparecida desde a metade do mês de novembro, segue intrigando moradores e autoridades policiais de Santa Catarina. Nesta quarta-feira (1°), o delegado da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Laguna divulgou um vídeo esclarecendo o andar da investigação e fez um apelo para a população.

Vídeo traz apelo policial referente à busca pela desaparecida – Vídeo: Divulgação/ND

Nas imagens, ele destaca que há uma força-tarefa entre as equipes policias de Laguna e Imbituba. A DIC de Laguna, inclusive, é a responsável pela coordenação da investigação desde o dia 19 de novembro, quando foi acionada pela polícia paranaense.

“Diante desse cenário a gente solicita encarecidamente que pessoas que vejam esse vídeo, acaso tenham qualquer tipo de informação, qualquer tipo de contato a respeito dos fatos que envolvem o desaparecimento da Amanda que entrem em contato com o nosso telefone aqui na Divisão Criminal de Investigação aqui de Laguna”, pediu o agente.

Caso haja alguma informação nova, o contato para repassar informações à polícia é (48) 99118-3684, também disponível para WhatsApp.

As informações repassadas dão conta de que as buscas pela jovem seguem, de forma sigilosa para evitar que fatores externos atrapalhem o trabalho policial.

No momento as equipes de investigação estão fazendo a reconstrução dos passos de Amanda naquele dia, além de buscas detalhadas sobre as últimas pessoas que estiveram com ela na data.

Relembre o caso

Amanda Albach da Silva foi vista pela última vez em uma balada em Jurerê Internacional, em Florianópolis. A festa aconteceu no dia 14 de novembro, véspera do feriado de Proclamação da República.

Na ocasião, após a festa na região Norte da cidade, Amanda avisou a família que retornaria para Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, com um carro de aplicativo.

Polícia segue na busca por Amanda Albach – Foto: Divulgação/NDPolícia segue na busca por Amanda Albach – Foto: Divulgação/ND

Segundo informações da DIC de Laguna, a jovem não chegou a pegar carona no carro, como havia informado a família.

“Ela sempre ficava de três a cinco dias, mas nunca deixava de dar notícias. Dessa vez, soubemos que ela foi até essa festa em Jurerê, onde esteve com um casal e um rapaz. A partir de então não se teve mais notícias da Amanda”, disse a mãe da jovem, que tem uma filha de dois anos.

+

Polícia

Loading...