VÍDEO: imagens chocantes mostram momento do assassinato de jovem trans em Itajaí

Duda Santos, de 19 anos, foi brutalmente assassinada com cinco tiros de arma de fogo, no início de fevereiro

Duda dos Santos, de 19 anos, foi brutalmente assassinada na madrugada do dia 2 de fevereiro, na rua Doutor Reinaldo Schmithausen, bairro Cordeiros, em Itajaí, Litoral Norte de Santa Catarina.

De acordo com testemunhas, Duda foi morta com cinco tiros por um cliente que discordou do valor do programa. Eles brigaram, o homem foi embora e quando retornou, assassinou a jovem.

Duda Santos tinha 19 anos – Foto: Arquivo pessoalDuda Santos tinha 19 anos – Foto: Arquivo pessoal

As imagens, obtidas pela DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Itajaí, buscam identificar os responsáveis pelo crime e confirmam os depoimentos das testemunhas.

No primeiro momento, Duda conversa com um homem de camisa azul, que estava em uma bicicleta. O rapaz vai embora e retorna com outro homem, de camisa vermelha. Os dois seguem conversando até que o suspeito, de azul, atira friamente contra a jovem e foge.

Caso não será investigado como feminicídio

O crime é investigado pelo delegado Sergio de Sousa como homicídio qualificado por motivo torpe. De acordo com Sousa, a DIC está conduzindo o caso porque o autor ainda não foi identificado.

O caso não será investigado pela DPCAMI (Delegacia de Proteção ao Adolescente, Mulher e Idoso) como feminicídio.

O delegado alega que “só caracteriza feminicídio se o crime envolve violência doméstica e familiar, ou em caso de menosprezo ou discriminação à condição de mulher. O caso em epígrafe foi em razão de desacordo por valor/dinheiro entre duas pessoas estranhas, ou seja, que não se conheciam”, salientou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Polícia