VÍDEO: Jovens denunciam policial militar por agressão e invasão de residência em Camboriú

Polícia Militar investiga suspeita de agressão por parte do policial e desacato por parte dos jovens, que pedem medida protetiva contra o agente

Um jovem de 20 anos denunciou um policial militar por agressão e invasão de propriedade em Camboriú no último sábado (18). De acordo com o relato de um familiar do jovem ao repórter Paulo Roberto, V.R.V estava com alguns amigos ouvindo música e bebendo cerveja, quando o policial chegou discutindo com o jovem e atirando com balas de chumbinho contra o portão.

“Essa não é a primeira vez que isso acontece, na verdade, é a quarta vez que ele atira bala de chumbo contra os vizinhos, ele não estava de serviço, porque minutos antes dele aparecer aqui, na frente da nossa casa, ele apareceu de regata na sacada dele”, disse o jovem

Ainda de acordo com a testemunha, o policial invadiu a casa dele, bateu num adolescente de 13 anos e quebrou o braço do jovem em três lugares. A Polícia Militar foi acionada, visto que o policial não estava em horário de trabalho no momento da confusão.

Vídeo mostra jovens chamando policial de corrupto e o agente faz menção de entrar na casa, mesmo sem autorização – Vídeo: Reprodução/Internet

Todos foram conduzidos a delegacia para prestar depoimento. O jovem afirma que vai pedir medida protetiva contra o policial, pois não é a primeira vez que isso acontece.

Em um vídeo que repercutiu nas redes sociais, o policial é chamado de corrupto pelos jovens e faz menção de entrar na casa sem mandado ou autorização dos moradores.

Policial militar é acusado de invasão e agressão contra jovens – Foto: Reprodução/InternetPolicial militar é acusado de invasão e agressão contra jovens – Foto: Reprodução/Internet

O comandante da Polícia Militar, capitão Zancanaro, comentou a repercussão do vídeo. “Em relação aos vídeos que estão circulando em redes sociais, dando conta de uma discussão entre um policial militar e terceiros, a Polícia Militar, mediante a presença de um superior, esteve posteriormente no local, lavrando Boletim de Ocorrência, qualificando os envolvidos”, disse.

Zancanaro completou afirmando que o caso será investigado e enquanto isso o policial segue atuando normalmente. “Foram tomados os depoimentos do solicitante, bem como, posteriormente, do Policial Militar. Diante disso, as condutas serão apuradas, tanto do policial quanto dos demais envolvidos”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...