Vídeo mostra aglomeração e pancadaria após fechamento de bar em Brusque

Durante a confusão, policiais foram atingidos por uma garrafa de bebida alcoólica e precisaram revidar com disparos de bala de borracha e spray de pimenta

Imagens que circulam nas redes sociais mostram policiais militares de Brusque, no Vale do Itajaí, tentando conter uma briga generalizada que aconteceu após o fechamento de um bar na cidade.

A confusão aconteceu na madrugada desta quinta-feira (3), por volta das 0h30, no Botuva Bar, localizado na rua Gustavo Schllesser.

Vídeo mostra aglomeração e pancadaria após fechamento de bar em Brusque – Foto: Reprodução/Redes SociaisVídeo mostra aglomeração e pancadaria após fechamento de bar em Brusque – Foto: Reprodução/Redes Sociais

A PM foi até o estabelecimento após receber uma denuncia de que havia uma briga na parte externa. Porém, no momento em que os policiais chegaram no local a confusão já havia sido controlada.

Dentro do bar, que só poderia funcionar até às 23h, os policiais flagraram cerca de 70 pessoas. O responsável assinou um Termo Circunstanciado por infringir determinação do poder público, destinada a impedir a propagação de doença contagiosa e o estabelecimento foi fechado.

Durante a evacuação das pessoas do local, no entanto, cerca de 12 pessoas teriam iniciado uma briga. Os policiais tentaram intervir, mas foram desrespeitados e atingidos por uma garrafa de bebida alcoólica.

Como resposta, segundo a PM, foram realizados sete disparos de bala de borracha e feito o uso do spray de pimenta para conter os agressores e dispersar os envolvidos. Veja o vídeo abaixo:

A Polícia Militar informou que após o tumulto os policiais foram até o Hospital Azambuja para conversar com alguns envolvidos e coletar mais informações.

Ainda segundo a PM, imagens gravadas por câmeras acopladas no uniforme dos agentes ajudarão na apuração do caso.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia