Por documento falso, atacante Bruno Henrique é aguardado para depor

Camisa 27 do Flamengo é esperado na 16ª DP, na Barra da Tijuca, para explicar o uso de uma CNH que, segundo perícia realizada, é falsa

O atacante do Flamengo, Bruno Henrique, 29 anos, terá que resolver um problema com a polícia. De acordo com informações trazidas pelo repórter Leslie Leitão, do G1, a perícia constatou que o jogador portava uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsa.

Bruno Henrique sai para comemorar um gol com a camisa do Flamengo; cena comum do camisa 27 – Foto: divulgação/NDBruno Henrique sai para comemorar um gol com a camisa do Flamengo; cena comum do camisa 27 – Foto: divulgação/ND

Recentemente o camisa 27 do Flamengo, um dos destaques da equipe que vive momento histórico, foi parado em uma blitz da Lei Seca, na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio de Janeiro, onde se negou a fazer o teste do bafômetro.

Na ocasião o atacante entregou um documento registrado em São Paulo, que não constava no sistema do Detran-RJ. O atleta foi conduzido à delegacia onde foi autuado por dirigir com uma habilitação inválida.

Atleta é aguardado na 16ª DP

Como a perícia atestou para invalidade do documento, Bruno Henrique é aguardado nesta quinta-feira (12) na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca, para depor sobre o caso.

Bruno Henrique pode ser indiciado por uso de documento falso que prevê pena de até seis anos de reclusão.

O caso

No último dia 29, ainda na madrugada, Bruno Henrique foi parado em uma blitz e, ao ser abordado, apresentou uma CNH que não constava no sistema do Detran-RJ.

Convidado a realizar o teste do bafômetro, o atacante negou. Após ser levado para a delegacia e ser multado, apresentou um condutor apto que retirou seu veículo.

+

Segurança