Presidente da Fecam é preso durante operação da Polícia Civil e do Ministério Público

O prefeito de Major Vieira, no Norte do Estado, que também é presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Orildo Servenini, foi preso preventivamente nesta quinta-feira (13), durante uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público de Santa Catarina.

Foram constatados indícios de pelo menos três crimes: fraude em processos licitatórios, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Confira na reportagem do ND Notícias.

+

ND Notícias

Loading...