Quem era Waldemir Melo, terceira vítima de atropelamento na BR-470

Acidente que deixou outras duas mortes aconteceu na última segunda-feira (08)

Morreu nesta terça-feira (16) em Blumenau a terceira vítima do atropelamento que vitimou três pessoas na BR-470, em Gaspar, na última segunda-feira (08). Waldemir Melo, de 51 anos, estava internado no Hospital Santa Isabel, em estado grave, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos. Em conversa com familiares, o Portal ND+ buscou conhecer quem era Waldemir.

O acidente

A esposa de Waldemir, Vera de Souza Alonso Melo, de 44 anos, e Cleonice Brizola, de 52 anos, foram as outras duas vítimas fatais do acidente. Eles estavam trabalhando, e iriam atravessar a rua para fazer um lanche. O acidente aconteceu por volta das 17h40 no bairro Margem Esquerda, na BR-470 em Gaspar.

O casal Waldemir Melo, de 51 anos, e Vera de Souza Alonso Melo, de 44 anos. Vítimas fatais do acidente  – Foto: Foto: Internet/DivulgaçãoO casal Waldemir Melo, de 51 anos, e Vera de Souza Alonso Melo, de 44 anos. Vítimas fatais do acidente  – Foto: Foto: Internet/Divulgação

“Ele gostava de curtir a família”

Waldemir era filho de família grande. Tinha 15 irmãos, que ao longo da vida se espalharam por todo o Brasil, mas não perderam o contato. Combinavam de em breve reunir todos em Monte Carlo, no Planalto Sul, onde mora o pai, Gomercindo Melo, de 87 anos.

O irmão de Waldemir, Osmar Soares de Melo, de 67 anos, conta que os dois conversavam praticamente toda semana pelo telefone. “Ele gostava de curtir a família. Me mandava fotografia dos os netos”, relata.

Osmar mora no Paraná, mas estava planejando ir visitar o irmão. “Numa das nossas últimas conversas eu havia falado que se tudo desse certo eu iria visitá-lo neste fim de ano”, lamenta. O trágico acidente interrompeu o reencontro, e deixou a família consternada. “Sempre vou lembrar dele bem pequenininho com as minhas irmãs, barrigudinho, brincando”, diz.

Waldemir Melo foi sepultado nesta quarta-feira (17), às 10h, no município de Curitibanos.

Tragédia anunciada

A comunidade local já previa acidentes graves na região, já que as travessias inseguras são constantes no local. Inclusive os moradores marcaram uma reunião para o próximo sábado (20), com o objetivo de organizar ações de reivindicação para levar mais segurança aos pedestres que circulam na região.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...