Secretário da Casa Civil, Douglas Borba, depõe sobre Operação Oxigênio, na Deic

Em meio a operação que investiga compra de ventiladores, Douglas Borba prestou depoimento na manhã deste sábado (9)

O secretário da Casa Civil, Douglas Borba, foi até a Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais), em São José, na Grande Florianópolis, na manhã deste sábado (9) para prestar depoimento sobre a Operação Oxigênio, que investiga a compra de respiradores pelo valor de R$ 33 milhões.

Secretário da Casa Civil prestou depoimento sobre a aquisição de 200 respiradores pelo valor de R$ 33 milhões – Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL/Arquivo/NDSecretário da Casa Civil prestou depoimento sobre a aquisição de 200 respiradores pelo valor de R$ 33 milhões – Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL/Arquivo/ND

Douglas Borba chegou ao local de forma espontânea às 9h e ficou até por volta das 11h, onde saiu sem falar com a imprensa. A expectativa era que ele entregasse o seu celular para a Polícia Civil investigar suas conversas. No entanto, não houve confirmação se isso ocorreu.

Leia também: 

Além disso, o MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) encaminhou um pedido para a Justiça com o objetivo de tornar público o depoimento do secretário.

A operação Oxigênio baseia-se na aquisição de 200 respiradores pelo valor de R$ 33 milhões. No entanto, o valor foi pago de forma antecipada e ainda não foram entregues. A polícia também investiga um superfaturamento por parte da compra dos equipamentos.

Operação Oxigênio

A operação O2 (oxigênio), deflagrada na manhã deste sábado (9), confirmou fraude na compra dos 200 respiradores sem licitação em Santa Catarina.

Em entrevista coletiva o Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e Polícia Civil explicaram como funcionou a investigação.

+

Segurança

Loading...