Segurança Pública catarinense usará tecnologia criada pela Udesc

A Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina fará um teste de um ano de um sistema de gerenciamento de pedidos de materiais, desenvolvido por alunos da Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina), para fazer requisições de materiais do seu almoxarifado.

O programa foi desenvolvido pela pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação da Udesc, a Setic, e já é é usado para solicitação de materiais aos almoxarifados dos centros de ensino e da Reitoria.

“Em uma das visitas, o major Rafael Kadletz, aluno da pós-graduação, pediu nossa colaboração para estruturar o Almoxarifado da SSP”, conta a coordenadora do Setor de Almoxarifado da Reitoria (Seal), Carla Trilha. “E uma das ajudas foi justamente a cessão do sistema de pedidos do almoxarifado da Udesc”, acrescenta.

Segundo Carla, a secretaria estadual quer modernizar seus processos administrativos e o sistema da universidade atende a essa expectativa, pois “controla registros de material, otimiza a gestão do almoxarifado e melhora o serviço prestado aos usuários internos”.

Referência no governo estadual

Carla destaca também que, há cerca de cinco anos, a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), por intermédio da Auditoria de Despesas de Custeio, realizou visitas a almoxarifados de diversos órgãos públicos catarinenses para inteirar-se a respeito dos atributos operacionais desses setores.

“Após conhecerem o Almoxarifado da Reitoria da Udesc, a Auditoria Geral da Fazenda escolheu o Seal como referência no seu manual de auditoria interna”, ressalta a coordenadora.

Com isso, alguns órgãos passaram a visitar o Almoxarifado da Reitoria para trocar experiências. Além da SSP, a universidade já recebeu a FCC (Fundação Catarinense de Cultura) e o IGP (Instituto Geral de Perícias).

Loading...