Será que as casas noturnas de Florianópolis têm cofre para guardar arma de fogo?

A recomendação seria guardar a arma na boate e pegar na saída porque álcool e arma de fogo não combinam

Divulgação/ND

O cidadão que tem porte de arma não deveria ir para a balada armado

Desarmamento

O policial é um agente da lei pronto para ajudar a sociedade vinte e quatro horas por dia, tendo como o fator proteção a arma. O porte é permitido durante o período de trabalho e fora do expediente. Há várias situações de policiais à paisana que prenderam assaltantes em flagrante. A arma faz parte do kit de proteção. Quando o policial ou um cidadão civil que tem o porte de arma vai armado para uma balada, a recomendação é de ele se identificar na portaria, passar a numeração da arma e até deixá-la em local apropriado da casa. Mas será que as casas noturnas de Florianópolis têm cofre para guardar revólveres e pistolas? Se não têm, as pessoas levam a arma para a festa. Como álcool e direção não combinam, arma e droga também não devem andar juntas, para evitar o que ocorreu no verão de 2015 na praia da Guarda do Embaú, em Palhoça. No dia 19 de janeiro, Luís Paulo Mota Brentano, na época PM do setor de Inteligência do 8º BPM de Joinville, matou com dois tiros o surfista Ricardo dos Santos, o Ricardinho. O PM admitiu que antes de discutir com o surfista, por volta das 8h30, passou a madrugada bebendo vodca com energético. No caso do PM que atirou para cima na casa noturna em São José, ele agiu em legítima defesa. Pularam três em cima dele. Ainda bem que o soldado não acertou ninguém.

Assaltante


Um homem de 37 anos preso no centro de Florianópolis é apontado pela Delegacia de Repressão à Roubos (DRR) da Capital como o ladrão que assaltou seis lojas de uma franquia fast food na cidade. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva e outro de temporária. Além de roubar os seis fast foods, o suspeito também é acusado de furtar uma viatura da Polícia Civil, no dia 18 de novembro de 2015. A investigação – identificação e coleta de provas – contou com o apoio da 5ª Delegacia da Capital.

Joinville

Guarnições da PM de Joinville foram chamadas para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo e seguiram para o bairro Paranaguamirim. No local, um adolescente de 17 anos disse que teve um desentendimento com um amigo que deu vários tiros, mas nenhum o acertou. O garoto não quis dizer o nome do suspeito. Apenas informou que ele fugiu em um Siena prata, modelo antigo. A PM fez buscas na região, mas não obteve êxito.

 Divulgação/ND

Fiat Palio furtado era dirigido por um homem de 37 anos que foi detida no posto da PRF em Biguaçu

Carro clonado

Um motorista de 37 anos foi preso ao volante de um Fiat Palio na Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal, em Biguaçu, na BR-101, onde havia uma fiscalização de rotina. Os policiais suspeitaram que o documento do veículo fosse adulterado e iniciaram uma fiscalização minuciosa, sendo constatado que o carro tinha sinais identificadores adulterados no chassi, motor e vidros. O condutor e o veículo foram encaminhados para a Polícia Civil. Ele responderá pelos crimes de receptação e adulteração de sinais identificadores de veículo automotor.

 

Escola invadida

Ladrões invadiram uma escola no bairro Santa Lídia, em Penha, no Norte do Estado, e deixaram amarrados dois funcionários de uma empreiteira que faziam a reforma no prédio. Os ladrões levaram três retroprojetores, três notebooks, trinta ventiladores de teto na caixa, um lava-jato amarelo, dezoito monitores de vidro com teclado e mouse, além de impressoras, aparelho de som e cinco computadores.

 

Ronda

Durante ronda de rotinas no bairro São Vicente, em Itajaí, guarnições do 1º BPM perceberam dois homens em uma motoneta fugirem ao avistar a polícia se aproximando. Ocorreu perseguição, com a motoneta trafegando na contramão, furando sinais, entre outras infrações de trânsito. Na rua Chapecó o condutor perdeu o controle e os dois sofreram uma queda e foram abordados. Os adolescentes infratores tinham duas mixas (chave falsa) feitas a partir de garfo caseiro para furtar veículos. A motoneta era furtada. 

 

Divulgação/ND

As duas carretas roubadas estavam escondidas em uma mecânica em Itajaí

Carretas

Agentes da Divisão de Investigação Criminal de Itajaí apreenderam duas carretas roubadas que já tinham os sinais identificadores adulterados. Os veículos foram localizados em uma mecânica de Itajaí, no bairro Cordeiros. Os dois caminhões foram levados para a delegacia e passarão por análise pericial para investigação. O proprietário das carretas foi levado à delegacia para prestar esclarecimentos.  

Ladrão

O ladrão que furtou o Iphone de uma mulher no caixa de um supermercado, em Itajaí, e fugiu de motocicleta vermelha não foi muito longe: foi capturado no centro da cidade por uma guarnição da Polícia Militar. Ele estava com o celular da vítima. A mulher contou que pagava as compras e deixou o celular sobre o balcão, quando um homem passou correndo e levou o aparelho. “Eu gritei com ele, mas ele subiu em uma motocicleta e foi embora”, contou.

Loading...