Técnica de enfermagem é encontrada morta dentro de apartamento em Timbó Grande

Para a polícia, os indícios são de feminicídio e o ex-companheiro da jovem é considerado o principal suspeito

Profissional dedicada e excelente no cuidado com as pessoas. Dessa forma a Secretaria da Saúde de Timbó Grande definiu a técnica de enfermagem Gessika Marafigo Martiol em sua nota de pesar.

A jovem de 25 anos foi encontrada morta em seu apartamento na manhã de segunda-feira (25). Segundo a polícia, as evidências apontam para um caso de feminicídio.

Gessika era profissional da Secretaria da Saúde do município – Foto: Reprodução/FacebookGessika era profissional da Secretaria da Saúde do município – Foto: Reprodução/Facebook

Com pouco mais de 10 mil habitantes, Timbó Grande está localizada entre o Planalto Norte e o Alto Vale do Rio do Peixe. Foi na pequena cidade que Gessika, natural de Caçador, iniciou a profissão de auxiliar de enfermagem em abril de 2019, na Unidade Básica de Saúde Moisés Dias.

O feminicídio aconteceu na madrugada de domingo. Segundo a Polícia Militar, testemunhas relataram que o ex-companheiro da vítima foi visto saindo da residência de Gessika por volta da meia-noite.

O homem, de 45 anos, desde então está desaparecido – nas buscas feitas em sua casa, a polícia encontrou marcas de sangue no veículo do suspeito. Os vizinhos de Gessika disseram que o casal havia terminado o relacionamento há um mês, e desde então a mulher relatava que sofria constantes ameaças.

O corpo de Gessika foi encontrado às 9h30 de segunda-feira, com diversas perfurações causada por arma branca. A Polícia Civil e o IGP fizeram a perícia no local e recolheram um telefone celular para investigação.

Leia também:

Homem espanca e arrasta esposa nua pela rua em Blumenau

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...