Sabrina Aguiar

sabrina.aguiar@ndtv.com.br Coluna sobre os assuntos de Joinville e região. A economia, segurança pública, política e todos outros fatos por quem vive e pensa sobre as cidades.


Tradicional ponto de Joinville pode virar base de segurança pública

Local foi definido pelo novo comandante do 5° CRPM e servirá de apoio para os agentes da Polícia Militar, a Guarda Municipal e a equipe de cavalaria

Um local físico para servir de apoio aos agentes de segurança pública de Joinville, no Norte catarinense. A chamada Base Integrada de Segurança foi anunciada pelo comandante do 5º Comando Regional de Polícia Militar (CRPM), coronel Márcio Leandro Reisdorfer.

O lançamento da base foi durante reunião realizada no Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires com representantes do Conselho das Entidades Empresariais de Joinville, formado pela Acij, Acomac, Ajorpeme e CDL.

Comandante quer unir forças com classe empresarial e agentes de segurança pública de toda cidade. – Foto: DivulgaçãoComandante quer unir forças com classe empresarial e agentes de segurança pública de toda cidade. – Foto: Divulgação

“A Base Integrada de Segurança vai dar suporte às equipes e oferecer mais segurança à comunidade. Estamos trabalhando para diminuir os índices de criminalidade bem como aumentar a segurança, por meio da ostensividade”, afirmou Reisdorfer.

Reisdorfer foi convidado pela Associação Amigos da Segurança Pública, AASP, para apresentar as novas estratégias do 5º CRPM em Joinville. Um dos planos é a criação de uma Base Integrada de Segurança na região central, para servir de apoio aos agentes de segurança pública como a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a equipe de cavalaria.

O endereço já foi escolhido, mas falta confirmação por parte do governo do estado, já que é na antiga sede do Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina (Iprev), que fica na rua Dona Francisca, 601.

Base deverá ser onde por anos foi a sede do Instituto de Previdência de SC. – Foto: DivulgaçãoBase deverá ser onde por anos foi a sede do Instituto de Previdência de SC. – Foto: Divulgação

A ideia ganhou apoio dos empresários apoiaram a iniciativa e da própria Associação Amigos da Segurança Pública que inclusive garantiram apoio nas melhorias necessárias no prédio, hoje abandonado. A partir de agora, serão feitos contatos com os governos estadual e municipal para dar andamento ao projeto.

O comandante também revelou a intenção de lançar, em breve, a Rede de Vizinhos para o Comércio, como a já existene entre moradores de Joinville. Além disso, a Operação Fecha Bairro, realizada no bairro Fátima deverá se repetir mais vezes com barreiras, varreduras, abordagens e blitze, unindo forças entre o 8º e o 17º Batalhão de Polícia Militar, além da cavalaria.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...