TJ vai leiloar 20 carros e dois caminhões nesta quinta em Florianópolis

Os veículos estão à disposição rua Vereador Arthur Manoel Mariano, 501, em Forquilhinhas, São José

Divulgação/ND

O martelo vai bater às 14h na sede do Almoxarifado Central do TJ, no quilômetro 208 da BR-101

Leilão  
Quem estiver interessado em adquirir um veículo bom, ano 2005 a 2009, bem abaixo da tabela de Fipe (Fundação do Instituto de Pesquisas Econômicas) deve participar do leilão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. O martelo vai bater às 14h de amanhã na sede do Almoxarifado Central do TJ, no quilômetro 208 da BR-101, em São José. Serão leiloados vinte automóveis e dois caminhões. Quem ainda não viu os carros pode conferi-los em visitação pública, das 13h às 18h30 desta quarta-feira (4) na rua Vereador Arthur Manoel Mariano, 501, em Forquilhinhas. Se todos forem arrematados, mesmo que pelo lance mínimo, a expectativa do TJ é que a arrecadação supere os R$ 300 mil. O edital está disponibilizado no endereço eletrônico do TJ (www.tjsc.jus.br) ou na seção de gerenciamento de Licitações do TJ, localizada no Centro Executivo ACCR, rua Presidente Coutinho, 232, Centro de Florianópolis, das 12 às 19 horas.
Turista
O turista Haran não passou um feriadão legal em Florianópolis como planejou. Foi roubado na avenida Beira-Mar Norte, perto das 22h30, por um homem armado de faca que levou sua carteira, dinheiro e todos os documentos pessoais. Na charmosa avenida Beira-Mar acontece de tudo: estupros, refúgio para foragidos do complexo penitenciário e ação de ladrões. No outro lado da avenida funciona a Polícia Federal, Ministério Público Federal e OAB. 
PGC 
O irmão de um dos dissidentes do primeiro ministério do Primeiro Grupo Catarinense (PGC) foi assassinado em São José. Lucas, 20, irmão de Rudnei do Prado, o Derru, havia chegado recentemente do Paraná. A PM soube que ele estava na região e que havia um mandado de busca e apreensão contra ele. Os PMs cumpriram e medida e o levaram para a 2ª DP de São José. Lucas prestou depoimento e disse que toda a família está jurada de morte pelo PGC. Por isso mudaram-se para o Paraná. Depois de sair da delegacia, ele foi embora a pé com a namorada de 17 anos. Na marginal da BR-101 foi executado. 
Investigação
Agentes da Divisão de Furtos e Roubos de Veículos da Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais) investigam se o homem de 28 anos preso em Santo Amaro da Imperatriz, com Chevrolet Onix roubado em Porto Alegre (RS), em abril deste ano, está envolvido com a quadrilha integrada por gaúchos e catarinenses. O Onix estava com todos os sinais identificadores adulterados. Os documentos falsificados pertencem a outro carro semelhante, em circulação no município de Blumenau.
Mocotó
Durante ronda de rotina no Morro do Mocotó, em Florianópolis, uma guarnição do 4º BPM encontrou um Chevrolet Corsa abandonado. Os soldados realizaram uma investigação mais detalhada no carro e constataram que os sinais identificadores da placa traseira estavam adulterados com fita isolante. Ao consultar a verdadeira placa os policiais constataram que o carro havia sido furtado no bairro Campeche, no Sul da Ilha, e o encaminharam para a 1ª DP da Capital.

Desagradável
O trabalhador Édson recebeu um telefonema nada agradável do síndico do condomínio onde mora, no bairro Saco dos Limões, em Florianópolis. O síndico avisou que o apartamento havia sido arrombado e era melhor Edson passar em casa o quanto antes. Ele correu ao terminal e pegou o primeiro ônibus que saiu para o bairro. Ao chegar no apartamento, Édson percebeu que a porta de entrada havia sido “estourada” com pé de cabra e sentiu a falta de joias de ouro e prata e de R$ 1,5 mil.  A ocorrência está registrada na 1ª DP da Capital.
Mandado de prisão

Agentes da Delegacia de Repressão a Roubos da Capital cumpriram mandado de prisão contra Jonathan, envolvido em vários assaltos em Florianópolis. Um dos roubos ocorreu no bairro Ingleses, Norte da Ilha, no dia 2 de outubro, com a participação de outros dois comparsas, que foram presos em flagrante. Naquele dia, Jonathan também foi detido por receptação (ele estava com o produto do roubo), mas pagou fiança e foi liberado. Agora a Justiça decretou a prisão de Jonathan para apurar outros roubos em que ele estaria envolvido. 

Loading...