VÍDEO: Explosão em Beirute derruba repórter durante entrevista

Repórter do serviço árabe da BBC, Maryem Taoumi, conduzia uma conversa com o coordenador de projetos da Agência para Energia Sustentável do Marrocos no momento da explosão

A explosão na região portuária de Beirute, no Líbano, que assolou parte da cidade e deixou centenas de mortos e milhares de feridos nesta terça-feira (4), deu um fim repentino e assustador a uma entrevista da rede BBC.

Uma repórter do serviço árabe do veículo, chamada Maryem Taoumi, conduzia uma conversa com Faisal Al-Aseel, coordenador de projetos da Agência para Energia Sustentável do Marrocos, no momento em que a explosão ocorreu.

Explosão em Beirute derrubou repórter durante entrevista – Foto: BBC/ReproduçãoExplosão em Beirute derrubou repórter durante entrevista – Foto: BBC/Reprodução

A repórter sofreu uma queda e foi possível ouvir gritos e barulhos de estilhaços no chão. Ela passa bem.

Pode-se ouvir um forte barulho da explosão, e o alarme de incêndio que começa a tocar.

Confira o vídeo:

Crédito: BBC/Reprodução

O governo do Líbano e a Cruz Vermelha informaram nesta quarta-feira (5) que as explosões na zona portuária de Beirute causaram mais de 100 mortes e que quatro mil pessoas ficaram feridas.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, uma brasileira ficou ferida na tragédia.

A explosão pode ter sido ocasionada por 2.750 toneladas nitrato de amônio. O produto químico é comumente utilizado na fabricação de fertilizantes e inseticidas.

O presidente do Líbano classificou como ‘inadimissível’ o produto químico altamente perigoso e explosivo não possuir medidas de segurança.

+

Segurança

Loading...