Pedro Barros conta detalhes sobre a preparação para o Mundial de Skate Park

Competição começou nessa segunda-feira (9) e segue até dia 15, em São Paulo

Quando se pensa nos rituais de um atleta de elite, logo vem à mente muita rigidez, horas de fisioterapia e alimentação super regrada. E aí, para trazer uma visão diferente do que é essencial para ser um atleta profissional, aparece Pedro Barros, que encara o Campeonato Mundial de Skate Park, em São Paulo, a partir desta segunda (09).

Skatista Pedro Barros em ação na pista da Costeira do Pirajubaé, em Florianópolis – Bruno Ropelato/arquivo/ND

“Muitas vezes, as pessoas acham que é no momento da competição que você precisa estar mais preparado. E não é. Não para mim, pelo menos. O que vale são seus dias nessa semana (que antecede). Como você está com a pista, como você está consigo mesmo…E claro, trabalhar isso tudo, para que no dia da competição possa se estar muito bem”, conta Pedro, em um dos cinco episódios de Se Prepara, produzida pela Red Bull TV, patrocinadora do atleta.

Rituais do atleta:

Para Barros, algo que é essencial nesse momento preparatório é ouvir música. “O skate está em constante movimento. Você não tem tempo muitas vezes para saber mentalmente se a manobra está certa, se deve voltar. Muito tem que ser feito no instinto. Quando você está conectado com a música, com o que você está vivendo, isso fica muito mais preciso”.

Quem é você no quilo:

Conhecido por seu engajamento em manter viva a cultura do skate, Pedro também se mostra atento com as demandas socioambientais dos dias de hoje. Ele conta durante a série como isso se reflete também em suas preocupações na hora de se alimentar: “Na minha vida inteira, eu fui criado comendo muita carne e acho que nossa evolução como ser humano é entender um pouco os desafios que a gente tem no nosso meio ambiente agora e como pessoa.” Por conta disso, evita carne vermelha, fritura e tenta comer mais salada, mesmo não sendo um grande fã.

Tá pago:

Com relação aos cuidados físicos, ele mostra ao longo dos episódios, um pouco dos exercícios que faz fora das pistas e que o ajudam a melhorar seu desempenho. “Eu lido com quedas no chão de concreto todos os dias da minha vida. Tenho, então, que fazer tudo que puder para deixar meu corpo da melhor forma possível. Os cuidados que o skatista tem com a saúde, são muito diferentes de outros esportistas. Tem que fazer bem para sua saúde, mas não afetar seu estilo em cima do skate. Se eu quero fortalecer meu ombro, por exemplo, e for para a academia fazer um exercício convencional, vou aparecer com um estilão ogro, que não vai ficar legal.”

Antes da ação:

O Campeonato Mundial de Skate Park acontece no Parque Cândido Portinari, em São Paulo, de 9 a 15 de setembro, e reunirá os principais nomes do skate mundial. Além disso, a competição vale muitos pontos na corrida por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Movimento UAU:

+

Skate