Estreia hoje em Joinville a peça “Diálogo Noturno”

A encenação da peça teatral é baseada na obra “Diálogo Noturno de um Homem Vil”, do dramaturgo suíço Friedrich Dürrenmatt

Fabrício Porto/ND

Elenco. Os atores Maikon K (E) e Samuel Kühn 

Uma reflexão sobre a vida, a morte, a violência, o poder e a liberdade. Este é o mote do espetáculo “Diálogo Noturno”, que estreia hoje à noite no Galpão de Teatro da Ajote (Associação Joinvilense de Teatro).

Coordenada pela La Trama Companhia Teatral, a peça foi concebida em parceria com a Cia. Rústico Teatral e começou a ser ensaiada no ano passado, depois de ser contemplada pelo mecenato do Simdec (Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura).

A encenação da peça teatral é baseada na obra “Diálogo Noturno de um Homem Vil”, do dramaturgo suíço Friedrich Dürrenmatt (1921-1990). Nela, os atores Maikon K e Samuel Kühn são vítima e assassino. “É um texto profundo e complexo, difícil de compreender. Mas Friedrich Dürrenmatt nos fez colocar em cena situações que permitem a reflexão sobre macros e micros relações de poder e seu papel no desencadeamento da violência”, afirma o ator Samuel. 

A peça começa com um homem, que é perseguido, sozinho em seu apartamento a espera do assassino. Após começarem a conversar, ele percebe que seu assassino não é um profissional e sim um carrasco.

A vítima o interpela e os dois passam a construir um emblemático diálogo noite adentro.  “E assim, o que parecia ser apenas mais um ato brutal, torna-se um diálogo que segue noite a dentro. Após um longo embate, ocorre uma morte, que só será revelada para quem assistir ao espetáculo”, garante Samuel.

Serviço:

O quê: apresentação da peça “Diálogo Noturno”

Quando: hoje, amanhã e domingo, às 20h. Reapresentação nos dias 27, 28 e 29 de abril, no mesmo horário

Onde: Galpão de Teatro da Ajote, na Cidadela Cultural Antarctica (rua 15 de Novembro, 1.445, bairro América)

Quanto: R$ 16. Estudantes e idosos pagam R$ 8. Quem levar um quilo de alimento não-perecível paga R$ 10. 

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Teatro