Jornal brasileiro de teatro editado em Florianópolis faz vaquinha online para próximas edições

Os editores Marco Vasques e Rubens da Cunha esperam arrecadar R$ 8 mil até abril

Bruno Ropelato/Arquivo/ND

Rubens e Marcos fizeram as duas primeiras edições com dinheiro do próprio bolso

Segue até abril a vaquinha on-line para viabilizar mais dois números do jornal brasileiro de teatro “Caixa de Pont[o]” em 2016, dos poetas, críticos e editores Marco Vasques e Rubens da Cunha. Até esta quinta-feira, o jornal tinha atingido 67% da meta, ou seja, R$ 5.362 dos R$ 8 mil esperados. O dinheiro será direcionado à gráfica, já que a primeira edição, lançada em maio de 2015, e a segunda, foram realizadas com recursos próprios dos editores, e o jornal é distribuído nacionalmente.

A colaboração mínima é de R$ 10, no entanto, quem fizer colaboração acima de R$ 40 receberá os livros “Carnaval de Cinzas”, de Marco Vasques, e “Breves Exercícios para Fugitivos”, de Rubens da Cunha. É possível também contribuir pessoalmente, entrando em contato com um dos editores. O “Caixa de Pont[o] Jornal Brasileiro de Teatro”, atualmente, tem sede em Santa Catarina e na Bahia. Trata-se de um periódico destinado a publicar entrevistas, ensaios, artigos, críticas, dramaturgias inéditas e perfis de grupos atuantes no cenário teatral contemporâneo. Tudo criado e editado para iniciantes no assunto.

Entre os objetivos dos editores está dialogar com a linguagem contemporânea, fazendo um intercâmbio entre os países. Com isso, já trouxeram textos de críticos e dramaturgos da Espanha, Cuba e Argentina, por exemplo. O nome do impresso é uma metáfora a “caixa do ponto”, um método da década de 1950 que auxiliava o ator no palco se ele esquecesse a fala. 

>> Colabore aqui

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Teatro

Loading...