Acabou-se a ficção: robô chinês descobre cabana na lua e desvenda mistério

Assunto explodiu a internet depois que uma foto tirada pelo robô espacial chinês Yuyu 2 enviou imagem para a terra

Depois que o robô da agência espacial chinesa CNSA avistou à distância uma cabana na lua, o assunto explodiu nas redes sociais. Até então, o que se tinha era uma foto distante, cuja qualidade não permitia ter detalhes visuais do objeto. Para evitar especulações, o rover Yutu 2 – como se chama o robô chinês – recebeu orientação para seguir até a cabana.

O rover Yutu 2, da China, que explora a lua – Foto: ReproduçãoO rover Yutu 2, da China, que explora a lua – Foto: Reprodução

Finalmente um mês após o objeto ser avistado o robô chegou lá. Enquanto os amantes da ficção científica já se vangloriavam da possibilidade de resquícios de extraterrestres, os céticos marcaram seu gol: a cabana da lua não passa de um grande bloco de pedra. O que enganou foi sua forma.

O que seria a imagem? Uma cabana? Uma estação espacial? É uma pedra… – Foto: ReproduçãoO que seria a imagem? Uma cabana? Uma estação espacial? É uma pedra… – Foto: Reprodução

O objetivo inicial do Yutu 2 era explorar o lado escuro da lua. No entanto, ao avistar a tal cabana, houve um pequeno desvio nos planos. Agora, com o mistério desfeito, o robô retoma sua jornada para ver sabe-se lá o quê. Céticos e entusiastas da ficção científica continuam alertas.

Para os chineses, a intenção é descobrir, entre outras coisas, se existem substâncias químicas na lua. Algo como água, por exemplo. Aí, juntando cimento com areia daria sim até para fazer uma cabaninha, que sabe?

+

Tecnologia

Loading...