33 Giga

Blog de tecnologia com serviços e notícias quentes da área. Dicas, tutoriais, testes e muito mais, de forma simples e descomplicada.


Tá sem assunto? App de relacionamento transforma “oi” em cantada engraçada

O aplicativo decidiu tomar essa atitude porque a taxa de retorno das conversas iniciadas com “oi” ou saudações similares é baixa – 30% entre os usuários no Brasil

App de relacionamento decide banir a palavra “oi” - Debby Hudson on Unsplash

App de relacionamento decide banir a palavra “oi” - Debby Hudson on Unsplash

Com o objetivo de ajudar os solteiros a chamar a atenção do match e dar continuidade ao bate-papo, o aplicativo de relacionamento Inner Circle decidiu banir a palavra “oi”. Agora, sempre que um usuário enviar uma mensagem com um simples “oi”, o programa irá mudá-la automaticamente para uma cantada engraçada, atrevida ou até maluca.

Leia mais:
10 dicas para começar uma conversa com o novo match virtual
Encontro seguro? Site de relacionamento facilita testes de covid-19 entre usuários

O Inner Circle decidiu tomar essa atitude porque a taxa de retorno das conversas iniciadas com “oi” ou saudações similares é baixa – 30% entre os usuários no Brasil. Porém, para mulheres (78%) e homens (65%), o primeiro contato em apps de relacionamento é determinante para a continuidade do match. E mais: para 70% das pessoas, esse tipo de mensagem pode ser um sinal de falta de interesse do crush.

O levantamento do Inner Circle mostra também que, embora iniciar uma conversa não seja um problema para os usuários no Brasil (68%), as mulheres (29%) encontram mais dificuldades que os homens (37%) para fazer o primeiro contato.

Sendo assim, a campanha #MaisQueOi quer tirar os solteiros da zona de conforto e ajudar na formação de novos casais. Tanto é que o aplicativo vai monitorar o progresso da atividade para entender como esse “empurrãozinho” nos usuários impactou o cenário dos encontros virtuais.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga