33 Giga

Blog de tecnologia com serviços e notícias quentes da área. Dicas, tutoriais, testes e muito mais, de forma simples e descomplicada.


Aquecedor elétrico: saiba como escolher o melhor modelo

Aquecedor elétrico: saiba como escolher o melhor modelo - Imagem de Free-Photos por PixabayAquecedor elétrico: saiba como escolher o melhor modelo - Imagem de Free-Photos por Pixabay

Em algumas partes do Brasil, o uso de aquecedor elétrico é intenso durante o inverno. Com temperaturas baixas – e como os brasileiros não têm o costume de ter em casa sistemas de ar condicionado centrais ou de aquecimento –, os aparelhos portáteis podem ser uma boa pedida.

Leia mais:
Opera GX Mobile: conheça o primeiro navegador mobile gamer
Os 50 streamers mais populares da Twitch

“É comum ouvir a história do aquecedor elétrico que queima todas as tomadas em casa. Claro que isso pode ser causado por vários motivos, inclusive por problemas na instalação elétrica.”, conta diz Luiz Fernando Caiafa, da TÜV Rheinland, empresa que garante a segurança desse tipo de equipamento.  “Mas a escolha do aparelho correto, e com o selo de certificação do Inmetro ajuda o consumidor a evitar surpresas desagradáveis.”

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Existem, basicamente, três tipos de aquecedores no mercado brasileiro.

Aquecedor elétrico com irradiador

Possui resistência incandescente protegida por uma grade metálica. Esse modelo geralmente é o mais em conta no mercado – e o que mais pode causar dor de cabeça para o consumidor.

“Quem tem esse tipo de aquecedor em casa precisa evitar que o aparelho fique ao alcance de crianças e animais – e longe de cortinas, sofás e materiais inflamáveis”, lembra Igor Garcez Martins, gerente comercial da TÜV Rheinland.

O modelo que utiliza resistência incandescente também pode ser encontrado com uma caixa exterior em formato de gabinete, onde a resistência fica um pouco mais escondida. Em contrapartida, o aquecedor elétrico com gabinete possui ventilador, que ajuda a dissipar o calor pelo ambiente.

Aquecedor elétrico a óleo

Apesar do nome, esse tipo de equipamento é elétrico. Esse modelo possui resistência a óleo dentro do radiador, parecido com um aquecedor central. O aquecimento ocorre por meio da troca de calor entre o aparelho e o ambiente.

Splint

É semelhante ao ar-condicionado. Porém só funciona para aquecer o ambiente. Por ficar fixo, é o único que não pode ser transportado.

Como escolher o aquecedor elétrico correto

De acordo com Caiafa, é muito importante escolher aparelhos que tenham sido certificados por empresas acreditadas pelos órgãos nacionais. Elas garantem a segurança elétrica de acordo com a infraestrutura elétrica, as condições e as necessidades do público brasileiro.

“É preciso avaliar com cautela os equipamentos importados, ou comprados em sites do exterior, com um preço, em geral, muito mais atrativo do que o produto nacional”, explica. “Sem os devidos testes, o consumidor pode acabar tendo, até mesmo, um acidente doméstico em casa.”

Outro ponto que precisa ser observado na compra é a potência do aquecedor elétrico. Essa é a principal causa de “derretimento” dos fios.

Em geral, esses aparelhos têm potência de 1500 W e voltagem de 127 ou 220 V. Devido à potência alta, o ideal é que esse tipo de aparelho tenha uma tomada de 20 amperes – que possibilita ao consumidor que aparelhos potência superior a 1000W sejam conectados de forma segura à rede elétrica.

Loading...