Asteroide que passará próximo à Terra nesta sexta pode se chocar com o planeta em 2068

Cientistas estimam que o impacto deste corpo gigante com o nosso planeta seria o equivalente a 880 milhões de toneladas de TNT explodindo ao mesmo tempo

A noite desta sexta-feira (5) será marcada pela passagem de um asteróide de 340 metros próximo à Terra. O corpo rochoso, de nome Apophis – homenagem a um deus egípcio – deve chegar a 16 milhões de km do nosso planeta, por volta das 22h15 no horário de Brasília. A má notícia? Cientistas acreditam que ele pode colidir com a Terra em 2068.

Cientistas vão aproveitar a passagem do asteroide nesta sexta-feira para estudar mais o seu percurso – Foto: Pixabay/Divulgação/NDCientistas vão aproveitar a passagem do asteroide nesta sexta-feira para estudar mais o seu percurso – Foto: Pixabay/Divulgação/ND

A passagem do asteroide nesta sexta-feira não traz nenhum risco para os terráqueos, já que o mais próximo que ele chegará é o equivalente a 44 vezes a distância entre a Lua e a Terra. Não será possível enxergá-lo a olho nu, apenas através de telescópios.

Esta passagem, por sua vez, permitirá que cientistas estudem ainda mais o corpo rochoso, que costuma sempre viajar na órbita da Terra. Em 2029, inclusive, o asteroide deve chegar ainda mais próximo ao planeta e passar entre o planeta e a Lua. A distância estimada para 13 de abril de 2029 é de 32 mil km – a distância entre a Terra e a Lua é de 384 mil km.

Descoberto em 2004, o Apophis possui um peso estimado de 26 bilhões de kg. Segundo o Dailymail, se a rocha acertar a Terra em 2068, o impacto será como o de 880 milhões de toneladas de TNT explodindo ao mesmo tempo.

Apesar do risco, o fato de a órbita do asteroide se alterar levemente a cada passagem próximo à Terra pode alterar as possibilidades de um choque.

+

Tecnologia