33 Giga

Blog de tecnologia com serviços e notícias quentes da área. Dicas, tutoriais, testes e muito mais, de forma simples e descomplicada.


Conheça as categorias de sites mais perigosas para se navegar

em>*Por Laura Tyrell, é Head de PR da NordVPN

Das gerações mais jovens às mais velhas, acessar páginas no computador ou no smartphone traz informação, conhecimento, diversão e relacionamento. Contudo, também podem conter ameaças. Tanto é que as pessoas precisam redobrar a atenção para não ter prejuízo – inclusive financeiro. Há conteúdos maliciosos que buscam atrair os usuários para roubar seus dados ou instalar vírus em seus equipamentos. Por isso, é importante saber quais categorias de sites são as mais perigosas.

Leia mais:
Vacinação, pandemia e golpes online: uma história que não acaba tão cedo
VPN: saiba o que é e veja opções para navegar com segurança na web
Senhas fortes e difíceis: veja dicas práticas para aumentar sua segurança

1. Conteúdo adulto

Desde que a internet saiu do âmbito governamental e tornou-se comercial nos anos 1990, páginas pornográficas e de conteúdo adulto surgem e crescem exponencialmente – e não há sinal de que isso irá parar no futuro. O problema é que essas categorias de sites estão carregadas de ameaças digitais que podem trazer consequências aos usuários. Entre os principais perigos estão links maliciosos, anúncios na página e pop-ups que pulam na tela. O recomendado, aqui, é evitar a navegação e utilizar soluções atualizadas de antivírus nos dispositivos.

2. Downloads de arquivos

Outra das categorias de sites comum desde o início da web é a proliferação de sites que oferecem conteúdos piratas aos usuários, como músicas, games e filmes. Nesse caso, trata-se de um risco duplo: além de cometer um crime por infringir direitos autorais, a pessoa também fica exposta à ação de cibercriminosos. A maioria dessas páginas serve como isca para atrair o usuário interessado em conteúdo grátis. Os links são portas de entrada para vírus e malwares que podem roubar dados do computador. A principal dica, além de não incentivar pirataria, é apostar em um bom antivírus.

3. Jogos online

Uma das principais características da internet é a possibilidade de entreter os usuários na mesma tela em que trabalham, estudam e se relacionam. Dessa forma, há uma grande quantidade de sites e plataformas online que oferecem todos os tipos de jogos eletrônicos. O problema é que não são todos os sites que merecem confiança das pessoas. Tome cuidado, principalmente, com aqueles que são gratuitos. A dica de proteção é, além do antivírus, proteja sua navegação com uma VPN para evitar possíveis vazamentos de dados.

4. Lojas virtuais duvidosas

Uma das faces mais conhecidas das ameaças digitais é a fraude que ocorre no comércio eletrônico. Isso porque a ameaça é bem real, ou melhor, em reais, com prejuízo financeiro devido ao vazamento de dados bancários e de cartões de crédito. Evidentemente, não são todas as lojas virtuais que representam perigo à navegação do usuário. Hoje, a grande maioria oferece condições seguras para a compra, mas o estrago causado por uma pequena parcela costuma assustar os consumidores. Por conta disso, todo cuidado é pouco: utilize um antivírus, navegue com uma VPN e evite salvar informações financeiras nos sites.

5. Blogs e sites de fake news

Essa é uma das categorias de sites mais recente – mas igualmente perigosa. Os portais que proliferam fake news estão atraindo um número cada vez maior de usuários em todo o mundo com uma tática antiga, mas ainda eficiente: o phishing. Isto é, por meio de “notícias” polêmicas, que envolvem assuntos de interesse público, eles fisgam os leitores, que acabam clicando em links maliciosos e, assim, são expostos a malwares e vírus que irão infectar os dispositivos. A dica é a mesma das demais: busque se informar em sites confiáveis e reforce a navegação com uma VPN e um antivírus atualizado e potente.

*Laura Tyrell, é Head de PR da NordVPN, empresa especializada em soluções de privacidade, segurança e rede privada virtual (VPN)

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga